8° livro: Violetas na Janela - O mundo da Tutty

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

8° livro: Violetas na Janela



Sinopse do livro: Patrícia desencarnou aos dezenove anos. No mundo dos espíritos, recorda que despertou tranquilamente no plano espiritual, sentindo-se entre amigos. Feliz com a acolhida, adaptou-se à nova vida auxiliada por espíritos benfeitores que a receberam na Colônia São Sebastião.
Em Violetas na janela, Patrícia explica o que é a desencarnação. Descreve as belezas do plano espiritual, onde não faltam trabalho, estudo e diversão. No início, estava cheia de dúvidas... Do que se alimentaria? O que vestiria? Sentiria as mesmas necessidades? Enfrentaria o calor, o frio? Aos poucos, tudo se esclareceu ao conviver com outros jovens desencarnados. 
Conheça o outro lado da vida: entenda como devemos proceder diante da morte de um ente querido – o que fazer para superar a separação e confortar aquele que partiu. Patrícia exemplifica a lição, relembrando a inesquecível ajuda que recebeu de familiares espíritas. 

Opinião: Conheci o livro logo após começar a participar de um centro espírita da minha cidade, eles sempre leem antes de começar um capitulo ou parte de algum livro espírita importante. Foi quando começaram a ler violetas na janela, uma história linda, e toda vez que ela terminava de ler, ela sempre dizia: “Leiam esse livro, é um ótimo livro, comprem e depois que terminarem de ler, repassem para outra pessoa ler, é importante que todo mundo consiga conhecer essa história. 

Lembro que na primeira vez que entrei na livraria depois dessa leitura, dei de cara com uns três livros de Violeta na Janela. Não pensei muito e levei pra casa e comecei a ler na mesma semana. Violetas na janela se tornou um best-seller brasileiro, em 1997  a editora chegou a vender 300 mil cópias e em 2004 passaram de um milhão de cópias. Todo os direitos foram dados pela autora para entidades carentes pelo reconhecimento. O livro foi adaptado posteriormente para o teatro e tornou-se fenômeno de bilheteria. 

O livro chegou no exato momento que eu passava por uma história muito semelhante e que eu precisava aprender não só sobre o meu luto, mas também aprender sobre o outro lado, e como eu deveria lidar com essa fase. E é exatamente esse o roteiro da história, ela mostra que a vida não acaba porque morremos, ela recomeça em outro lugar. A história mostra por onde Patrícia passou, seus principais dilemas e dúvidas e como ela conseguiu ir se adaptando a nova vida no plano espiritual, e como os familiares em luto influenciam esses espíritos com seus sentimentos e pensamentos. 

É difícil até explicar sobre o livro, por ter sido uma história real, e mais que isso, uma história que muda a vida de todas aquelas pessoas que já perderam alguém importante na vida. Hoje sei o quanto é importante repassar a leitura desse livro, para que todos realmente conheçam, posso dizer que esse foi um dos livros que me fortaleceram e que fez com que minha mãe não entrasse em depressão após a morte de meu pai, sempre que eu lia um capitulo a noite para ela, sentia que ela se confortava em saber que nada acaba aqui e começar a entender o outro plano.

Eu amo o livro físico, mas para quem não encontrar o livro, achei no youtube o audiobook para quem quiser ter uma amostra desse lindo livro!


"- O tempo cura feridas
- Mas deixa cicatrizes - respondi
- Cicatrizes não doem. O tempo suaviza até a saudade."
(Frase do livro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário