23° livro: Assuntos pendentes - O mundo da Tutty

quarta-feira, 22 de junho de 2016

23° livro: Assuntos pendentes


Titulo: Assuntos pendentes
Ano: 2012
Editora: Sextante
Páginas: 222
Classificação: Espiritismo

Sinopse do livro: Usando sua capacidade de se comunicar com os espíritos, o médium americano James Van Praagh nos mostra que eles têm muito a dizer sobre o que aprenderam do outro lado e que nós, que estamos vivos, podemos nos beneficiar de suas experiências.
Por meio de emocionantes relatos, entendemos que deixar assuntos pendentes atrasa nosso progresso espiritual. Questões mal resolvidas prejudicam tanto os vivos, que não conseguem seguir em frente, quanto os que partiram levando para o outro plano a angústia de tentar solucionar esses conflitos a distância.
Para que possamos resolver nossas pendências ainda em vida, o autor nos ensina a lidar com o estresse, o dinheiro, a autoestima, as distrações e os vícios e mostra como superar obstáculos e adotar uma atitude positiva. E nos fala também sobre a importância de orar para fazer nossos pedidos e meditar para ouvir as repostas.
As histórias reais vividas por Van Praagh nos fazem perceber a importância de nos empenharmos para sermos pessoas melhores, deixando de lado o rancor, o arrependimento e a culpa para que possamos seguir rumo à evolução espiritual.

Minha opinião: Depois de ler alguns livros de James, percebemos que algumas histórias se repetem e as explicações também, obvio que para quem não compra todos os livros, isso não é um grande problema, mas para quem resolve comprar toda a coleção, apesar de ser uma leitura muito interessante, as coisas começam a ficar massivo.
A primeira resenha que fiz do autor foi falando do livro " Espíritos entre nos", minha primeira leitura me deixou extasiada, mas nos outros livros eu já pulava alguns textos que eu reconhecia de outros livros. Mas nada que seja tão crucial,existe o lado bom do livro do James, e hoje eu agradeço ao autor por ter conhecido seu trabalho em um momento muito especial de minha vida, já que atrás de seus livros fui conhecendo também outros autores espiritas, fui conhecendo a religião, e acho que se hoje consigo ser a pessoa forte que sou para superar o que eu superei, eu agradeço em boa parte a eles.
Nesse livro exclusivamente James foca seus textos para falar do perdão, do arrependimento, do carma que cada um carrega na vida, e eu consegui aprender muito com essa leitura. Mas uma vez nesse livro ele fala sobre a meditação, que é de fator crucial para o médium, mas não só para ele. James ensina como meditar, ensina a concentração, conta histórias que ele viveu enquanto médium, transformando tudo isso em lições de vida.

  E vocês o que acharam?
Tem frases do livro aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário