43° Livro: Eu estive aqui - O mundo da Tutty

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

43° Livro: Eu estive aqui


Titulo: Eu estive aqui
Autor: Gayle Forman
Ano: 2015
Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Classificação: Literatura estrangeira


Sinopse do livro:Quando sua melhor amiga, Meg, toma um frasco de veneno sozinha num quarto de motel, Cody fica chocada e arrasada. Ela e Meg compartilhavam tudo... 
Como podia não ter previsto aquilo, como não percebera nenhum sinal? 
A pedido dos pais de Meg, Cody viaja a Tacoma, onde a amiga fazia faculdade, para reunir seus pertences. Lá, acaba descobrindo muitas coisas que Meg não havia lhe contado. Conhece seus colegas de quarto, o tipo de pessoa com quem Cody nunca teria esbarrado em sua cidadezinha no fim do mundo. E conhece Ben McCallister, o guitarrista zombeteiro que se envolveu com Meg e tem os próprios segredos. 
Porém, sua maior descoberta ocorre quando recebe dos pais de Meg o notebook da melhor amiga. Vasculhando o computador, Cody dá de cara com um arquivo criptografado, impossível de abrir. Até que um colega nerd consegue desbloqueá-lo... E de repente tudo o que ela pensou que sabia sobre a morte de Meg é posto em dúvida. 
Eu Estive Aqui é Gayle Forman em sua melhor forma, uma história tensa, comovente e redentora que mostra que é possível seguir em frente mesmo diante de uma perda indescritível.

"- Mas talvez você não queira dizer que ela era sua melhor metade. Talvez ela fosse a sua outra metade. "                                                                                                         

" - Ás vezes, conhecemos pessoas com as quais estabelecemos uma relação tão simbiótica que é como se fossemos uma pessoa só, com uma só mente, um só destino."                                                                                                                                              

Minha opinião: Tenho lido livros maravilhosos, que nunca acho que vou me surpreender. Mas que acabam me tirando o fôlego. Eu estive aqui foi exatamente assim. Achei a história mega envolvente, o tipo que você sempre quer ler mais uma página e um capitulo, mesmo já sabendo qual seria o final. Ela conta a história de duas amigas inseparáveis com planos para o futuro que na verdade não deu muito certo. Cody não tem pais, cresceu com a familia de Meg, hoje sua melhor amiga. Meg encara seu medo e se aventura a ir pra faculdade, mas Cody continua no mesmo lugar, até que Meg se suicida.
Cody fica atordoada com o suicídio, como tudo foi planejado, sem entender de onde ou porque aconteceu e resolve ir atrás de respostas. Afinal ela como melhor amiga de Meg deveria ter visto sinais de que Meg queria se suicidar, ou sua melhor amiga deveria ter lhe contado algo.
Os pais de Meg então pede que Cody vá a faculdade buscar as coisas de sua filha, lá Cody conhece alguns "amigos" de Meg e encontra seu notebook. Cody começa a investigar pelo notebook buscando indícios do acontecido, se envolve com um ex peguete de Meg, Ben. E descobre tudo que aconteceu antes de Meg se suicidar.
Toda a história foi baseada em pesquisas para um artigo que a autora estava fazendo, mais que ficou tão comovida com uma das entrevistas que acabou escrevendo esse livro, um tanto que para orientar as pessoas sobre o suicídio, como ele pode ser silencioso, quanto que para aqueles que pensam no assunto lembrarem de como pedir ajuda pelos meios certos, lembrar da família, amigos e da dor que pode causar deixando eles.

Um comentário:

  1. Oi Tu!
    Quero tanto ler esse livro, mas sinto que ele vai me destruir.rs
    Cada resenha parece mais intensa que a outra!
    Amei!
    Beijinhos
    Resenhando por Marina

    ResponderExcluir