Livro 54° :Uma segunda chance - O mundo da Tutty

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Livro 54° :Uma segunda chance


Titulo: Uma segunda chance
Autor: Susan Wilson
Ano: 2011
Editora: Sextante
Páginas: 234
Classificação: Ficção Americana

Sinopse: Adam March teve uma infância sofrida. Abandonado pelo pai e pela irmã antes de completar 6 anos, ele cresceu sozinho e, com muito esforço, construiu uma brilhante trajetória pessoal e profissional. Aos 46 anos, era um empresário rico, bem-sucedido e com planos ambiciosos.
Um dia, porém, seu passado volta para assombrá-lo de forma inesperada. Sua assistente, Sophie, lhe deixa um bilhete: Sua irmã ligou. Três palavras simples mas capazes de tirá-lo do sério e provocar um colapso nervoso.Descontrolado, Adam agride Sophie e esse gesto impensado o faz perder tudo o que conquistara com tanto esforço – a carreira promissora, o casamento estável, o respeito nos círculos sociais. Agora, morando sozinho num bairro pobre, entregue à solidão e ao álcool, Adam passa os dias servindo comida em um abrigo para os sem-teto. Sua nova realidade o leva a refletir sobre as escolhas que fez e o preço que teve de pagar por se transformar num homem arrogante e preconceituoso. É nessas circunstâncias que conhece Chance, um cão de briga que, assim como Adam, fora endurecido pela vida. Cansado de ter que lutar na arena para receber comida, o pit bull consegue escapar e, pela primeira vez, se vê livre. Quis o destino que essas duas criaturas perdidas se encontrassem. Juntos, Adam e Chance vão descobrir o poder da confiança, da amizade e do amor. Por meio da improvável relação que nasce entre eles, ambos recebem uma segunda chance. O cão tem a oportunidade de continuar vivo e Adam, de recuperar sua humanidade. Uma segunda chance fala de perdas e fracassos, de perdão e redenção. Susan Wilson aborda de forma leve e divertida nossa necessidade intrínseca de dar e receber amor.


" Embora eu esteja aprendendo que mesmo quando deixamos as coisas para trás, elas não somem, nos perseguem como fantasmas."

Minha opinião: A história é linda! Conta a história de um homem e um cachorro tendo a " mesma vida " passado pela lembrança de um passado nada agradável, lutas pela vida, sofrimento, onde nada dá certo.  Adam cometeu um erro na vida e por isso perdeu tudo, família, filhos, todo o dinheiro e status que ele um dia conseguiu ter. Foi morar sozinho, em casa de aluguel, em um bairro nada comparado a vida antiga. Adam parecia ter chegado ao fim do poço, Assim como Chance, um pit bull malhado, com uma cara assustadora como a de todos os cachorros da sua raça, que na verdade nunca havia tido uma chance de ser um cachorro de verdade, estava preso, sendo mal tratado e só servia para ser cão de briga. Não podia ser pior para nenhum dos dois. Até Chance aparecer na vida de Adam, meio sem querer, sem querer mesmo para nenhum dos dois. Adam não queria ficar com o cachorro, nunca quis um, muito menos na situação que se encontrava. Chance nunca soube direito o que era ser cão domestico, mas morando com Adam sem dar nenhuma atenção, ele sabia que não era aquilo que ele queria. Porém o destino prega uma peça a esses dois, chance toma o coração de Adam, e o pobre homem já não sabe ficar só, sem o cachorro, fora todo essa relação, Adam começa a gostar de uma nova mulher, sua ex a irrita, sua filha está na fase aborrecente, o juiz não lhe dá liberdade. Mesmo assim ter Chance na sua vida era tão reconfortante que parecia que tudo estava se ajeitando. Só após Chance fugir e que parece que as coisas viram de cabeça para baixo para somente voltar ao normal. Adam tem que resolver todo seu passado, presente e achar Chance para continuar sua vida. 
Apesar da história ser mega linda, eu achei um tormento até o meio do livro. Ter enfrentado a história de Chance foi bem legal, foi a primeira vez que li na "voz" de um cachorro, porém a história da vida de Adam se rendeu muito, e eu quase desistir de ler o livro até o fim, o que me deu coragem de ir até o final foi saber como seria o encontro e final do cachorro e Adam. Então só depois do encontro dele foi que realmente me deu animo para saber o final. Achei interessante também a forma que a autora dividiu as histórias, a visão de Adam depois a do cachorro.

Quem ai já leu a história o que achou?

Nenhum comentário:

Postar um comentário