Resenha 63°: 50 tons de cinza pelos olhos de Christian - O mundo da Tutty

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Resenha 63°: 50 tons de cinza pelos olhos de Christian


Titulo: 50 tons de cinza pelos olhos de Christian
Autor: E.L.James
Ano: 2015
Editora: Intrínseca
Páginas: 528
Classificação: Romance erótico

Sinopse: Christian Grey controla tudo e todos a seu redor: seu mundo é organizado, disciplinado e terrivelmente vazio – até o dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório, uma armadilha de pernas torneadas e longos cabelos castanhos. Christian tenta esquecê-la, mas em vez disso acaba envolvido num turbilhão de emoções que não compreende e às quais não consegue resistir. Diferentemente de qualquer mulher que ele já conheceu, a tímida e quieta Ana parece enxergar através de Christian – além do empresário extremamente bem-sucedido, de estilo de vida sofisticado, até o homem de coração frio e ferido.Será que, com Ana, Christian conseguirá dissipar os horrores de sua infância que o assombram todas as noites? Ou seus desejos sexuais obscuros, sua compulsão por controle e a profunda aversão que sente por si mesmo vão afastar a garota e destruir a frágil esperança que ela lhe oferece?

" E agora estou caindo mais uma vez, mas no fundo de um abismo, em cãmera lenta."

" Do lado de fora, já anoiteceu. As luzes piscam e reluzem em meio a chuva que cai. O mundo está seguindo em frente. Siga em frente." 

Minha opinião: Gente, esse foi o livro que mais me surpreendi do ano. Primeiro que quando foi lançado, ouvi muitas críticas do livro, por ser erótico demais, ter submissão e "putaria" demais. Nunca li algo do tipo, logo então na mente eu tinha a ideia que odiaria o livro. Não li. Saiu o filme no cinema e vi os mesmos comentários do livro. Iria ler ou  ver o filme? Óbvio que não! Ai uma bela tarde liguei o Netflix e dei de cara com o filme lá! Então, já está aqui né? Vamos assistir. Percebi que metade do mundo é crítico demais e a outra não sabe criticar. Terminei o filme em desespero para ler o livro. Comprei no outro dia. 500 páginas em uma semana, digo com orgulho porque foi meu recorde. Então agora falando do livro, ele é tipo 50 milhões de vezes melhor que o filme. Só para vocês saberem de inicio, rs. Quem viu tudo pelo lado erótico da coisa, que não vou mentir, 490 páginas é realmente sobre sexo, não viu dentro desses 490, o romance, a força de decisão, os sentimentos, os fantasmas do passado. Extremamente difícil hoje aturar alguém falando mal desse livro. Grey é um cara milionário, super controlador, do tipo obsessivo, com um passado mega obscuro e que ele não gosta de falar, por isso até hoje tem fantasmas que lhe perseguem atrapalhando o seu futuro. Esses fantasmas também estiveram presentes na formação de Grey e quem ele se tornou hoje. Todos os fantasmas foram " controlados" com a ajuda de Elena. Elena foi uma amiga da mãe adotiva de Grey, com gostos extremamente diferentes, apesar de casada, e com idade já mais avançada que Grey quando novo, Elena começa um caso de dominador/submisso com ele. E Grey cresce com todos esses gostos afinados para relação, sentimentos e tudo que for de diferente de financeiro e administrativo. Grey era um cara sem graça e sombrio até conhecer Anastasia, sua Ana. O que era para ser mais um caso de sub/dom com contratos e regras, vira um romance, que faz não só Ana feliz, mas o Grey também. Porém temos dois problemas, um que Ana não aceita tudo facilmente e se joga a fundo para conhecer Grey. Será que isso daria certo? Outra que Grey não quer romance, e nesse ponto Ana entrega que o ama. Mas Grey não sabe o que é ser amado de verdade, não sabe se é isso que ele quer. Não sabe se deixa Ana ir embora ou muda toda a sua vida, para ter Ana em seus braços. Muitos sentimentos opostos em um mesmo quadro, muitos pensamentos iguais e dispostos. Tudo deixou de ser sexo e dor, para ser amor. Resta saber se esse será mais um livro com final feliz. Foi extremamente surpreendente. Não só pelos momentos do passado de Grey onde ele conta da mãe biológica, como ver um cara que nunca amou antes e que só sofreu, agora amando e sem saber como seguir adiante.

Um comentário:

  1. Tutty, você disse tudo! As vezes as pessoas ficam mais preocupadas em achar defeito do que apreciar a leitura. Fico muito feliz que tenha gostado do livro. De fato, não é o meu tipo de leitura, ainda mais quando tenho tanta coisa para ler que faz mais o meu tipo. Ótima resenha <3

    beijos
    Psicose da Nina | Instagram

    ResponderExcluir