Testei e reprovei: Escova Progressiva Salone :Tem Formol sim! - O mundo da Tutty

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Testei e reprovei: Escova Progressiva Salone :Tem Formol sim!


Bom dia Gurias!
Hoje vim com esse post bombástico! Testei e reprovei a escova progressiva da Salone!
Gente todo mundo sabe que eu estava em transição, mas não resisti e com tantos reviews bons desse produto, resolvi testar e me dei mal! Quem quiser ver todos os detalhes e o procedimento, vou deixar o vídeo ai embaixo, é só assistir que eu explico tudo!
O motivo pelo qual reprovei esse produto foi só um: Disseram não ter formol! E eu passei muito mal! Tive falta de ar, queimação na garganta e olhos, e terminei o vídeo branca de mal estar. Podem lá conferir! Alisou? Sim ele alisa! Mas o meu não ficou tão liso como mostrei no vídeo porque não tive a capacidade de continuar o procedimento inteiro certo, apenas queria terminar e me ver livre!
Por isso o post! Será mesmo que esse produto não tem formol?
Comprei o kit pelo site da Americanas, na loja Like cosmeticos. O kit vem com  dois frascos de 1000 ml (shampoo anti-resíduo e o redutor de volume).
O produto afirma que não tem formol, mas que para secar o cabelo é preciso usar o jato frio pra que a pessoa não sinta o cheiro característico de progressiva. Mas como assim?!
E muita gente divulga esse kit como selagem térmica, não é selagem! E progressiva!

Mesmo assim resolvi mostrar a vocês meu antes e depois, que ficou bom! Mas se for pra passar mal cada vez eu prefiro continuar com o cabelo enrolado.


Apesar de liso perceberam que o cabelo perdeu o brilho? Que ele ta opaco? Odiei mesmo!


Na foto mostra que eles não mudaram apenas a embalagem, mas também a formulação! Eis que pelas minhas pesquisas, as pessoas que reclamaram das mesmas coisas que eu tive, foram exatamente as que compraram as novas embalagens! A formulação antiga usada pela blogueira Franciny, quem eu sigo e confio, não é a mesma que eu usei!


Erro meu não ter lido os ingredientes? Foi mesmo! Deveria ter lido!
A empresa afirma não ter formol em seus produtos, mas utiliza o ácido glioxílico, substituto do formol!
Extraído do Etanol que é a " fermentação " da matéria orgânica antes que ela chegue á decomposição e se transforme em gás metano. Composto orgânico da classe dos aldeídos, assim como o formol!

Logo o ácido em altas temperaturas, como ter que passar a prancha no cabelo depois, ele se decompõe e forma o formol e gás carbônico!!!! PORQUE ELA NÃO COLOCOU ISSO NA FRENTE DO ROTULO JUNTO AO ACIDO TANIC?
Na tentativa de burlar cabeleireiros e profissionais da área, formuladores estão adicionando às fórmulas um produto chamado ácido glioxílico. Tal substância não é o formol e não confere odor ao creme. Até aí tudo bem. Porém, os formuladores sugerem que a aplicação deve ser seguida de aquecimento com chapinha ou escova para “melhor fixação” e com isso o ácido glioxílico se transforma em formaldeído e toda a ação dessa substância potencialmente perigosa é liberada. Portanto, o uso de alisantes contendo a substância ácido glioxílico é tão perigoso quanto o uso direto de formol. Retirado do site Ciência e tecnologias
Tem em sua formula também o Acido Lático que auxilia junto ao formol para que o cabelo fiquei mais esticado!
Na formula também contém a carbocisteína, que pode não parecer ser o vilão, mas a função dela é abrir os fios para o alisamento, ou seja, ela faz a quebra das cadeias de enxofre dos fios, com as pontes de enxofre separada, entra a ação do calor, a santa chapinha, moldando os fios para ficarem lisos. Depois essas pontes de enxofre precisam ser seladas novamente e quem faz esse trabalho final é exatamente o ácido glioxílico, presente na formula.


Assistam ao vídeo completo! É importante!

Nenhum comentário:

Postar um comentário