Livro 81°: Querido dane-se - O mundo da Tutty

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Livro 81°: Querido dane-se


Titulo: Querido dane-se
Autora: Kéfera Buchmann
Ano: 2017
EditoraParalela (Editora parceira)
Páginas: 344
Classificação: Educação

Sinopse: Sara tem muitos sonhos, mas também vários problemas para enfrentar. Para começar, seu namorado acabou de uma hora para outra com ela e por WhatsApp. Pouco depois, ela descobriu que o desgraçado está namorando uma socialite linda e admirada. Parou por aqui? Não: Sara, que é estilista de formação, mas trabalha como costureira, atualmente está de plantão na casa dessa socialite, arrumando as roupas dela.Enquanto lida com o ressurgimento do ex e tenta voltar a achar graça na solteirice, Sara sofre com seu maior medo: fazer trinta anos sem achar a sua cara-metade. Entre lágrimas e muita risada, no entanto, Sara começa a repensar sua vida. E a perceber que está diante de uma pessoa cujos anseios e gostos conhece pouco: ela mesma.
Querido dane-se é a primeira ficção de Kéfera Buchmann, que, sem abandonar o bom humor de sempre, fala sobre autoestima, empoderamento e a importância de compreender os próprios desejos para encontrar a felicidade.


Opinião: Eis que acabei de ler o livro e tenho mil opiniões sobre ele. O livro apesar de bem juvenil mostra a vida de Sara, uma garota muito esforçada que sempre lutou para que as coisas dessem certo, namora há décadas, porém agora ele resolveu terminar por whatsapp. O maior medo de Sara é chegar aos trinta sem marido e família formada, então toda a história gira em torno de Sara tentando superar esse relacionamento e colocar outro em seu lugar o mais rápido possível. Por esse motivo ela passa por poucas e boas. Vive de baladas, acorda em casas que não é a sua, até se dar conta de que a vida não é simplesmente achar um cara. Porém Sara acha, começa a se relacionar e tudo é tão rápido e simples, que ela se pergunta apenas uma coisa: " Quem é você? ".


 Eu sou quem eu sou, ou a mistura de quem está comigo?.  O mais importante é que o livro nos faz refletir sobre quem realmente somos, o que realmente gostamos, e o que realmente queremos. Na grande parte das vezes nos preocupamos tanto em estar em meio a muitas pessoas, em estar sempre em festas, mostrar sempre o que não somos em redes sociais, estar sempre em busca de um relacionamento, só para não aparentar estar só, que no final estamos com um saldo mais negativo de nós mesmos, do que meramente supomos. Em meio a esse turbilhão de coisas que vivemos e que vira automaticamente uma rotina, esquecemos dos momentos nossos, de quem realmente somos quando ninguém está olhando ou jugando. De quem realmente somos e do que gostamos de fazer quando estamos sozinhos. 
Como fala a autora ao fim do livro: " Essa é a minha atual busca: ser boa pra mim mesma. Me fazer bem. Chega de tentar ser tão incrível para os outros. Chegou a hora de ouvir o meu chamado interno. Ir em busca da minha felicidade sem depender de ninguém para isso."
Ler esse livro me fez criar exatamente essa frase acima como meta de vida desde então. Não apenas um presente, mais uma missão. Obrigado a Kéfera pela historia incrível, como obrigado a editora, pela oportunidade de leitura.

Quem ai já leu o que achou? Logo, logo tem vídeo com a resenha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário