Primeira parceria para 2018 - Autor Maurício Gomyde

By 10:17

Nem iniciamos 2018 e já tenho uma ótima noticia para vocês! Somos parceiros do autor Mauricio Gomyde! Sim! O autor do livro surpreendente lançado pela editora Intrínseca! Não é maravilhoso!?!


Mas quem é Maurício Gomyde?


Com 6 livros publicados, Maurício Gomyde é paulista, tem música no sangue, é baterista, iniciou a carreira em 2001 e é, hoje, um dos grandes nomes da nova geração de escritores brasileiros.
Iniciou a carreira como autor independente, tendo publicado 4 livros por conta própria. Logo chamou atenção do mercado editorial pela qualidade de suas obras e, assim, foi contratado por grandes editoras, para o lançamento de seus trabalhos seguintes.
Seus títulos de maior sucesso são "A Máquina de Contar Histórias" (ed. Novo Conceito) e "Surpreendente!" (ed. Intrínseca).
Surpreendente! esteve presente, em 2016, nas listas de mais vendidos da revista Veja e do site Publishnews. Foi finalista do Prêmio Jabuti 2016 e vendido para 4 países (Portugal, Espanha, Itália e Lituânia).

Quais são os livros que ele já lançou?


1- O mundo de vidro (2002) - Porto71
Até onde pode ir a paixão de uma pessoa por outra? Como, quando e por que começa? Até que ponto pode-se cometer alguma loucura para fazer parte da vida de alguém? Quais as consequências da paixão avassaladora incompreendida? E quando não se admite a óbvia paixão por outra pessoa? 
O livro conta a história de duas pessoas, Ele e Ela, tentando responder estas aparentemente simples perguntas.

2- Ainda não te disse nada (2011) - Porto71
Você já escreveu uma carta para alguém? Não? Entendo, quase ninguém mais escreve cartas hoje em dia. O verbo da modernidade é “digitar”. Velocidade, agilidade, precisão... O mundo não tem tempo.
Mas, e se um dia um envelope chegar por engano às suas mãos, você o abrir e encontrar uma carta de reencontro, recheada de frases que jamais imaginou ler? Uma declaração de amor a uma pessoa que você nunca ouviu falar, escrita por outra que também não conhece. Você responderá? Ou deixará aquele sentimento se perder para sempre?
Heitor de Alencastre escrevia simplesmente à 'Minha Amada Eterna'. Tocada por aquelas palavras, resolvi responder, sem saber nada a respeito de Heitor, muito menos o nome ou qualquer informação sobre quem eu deveria representar. E o que poderia parecer um erro, talvez tenha se transformado no maior acerto da minha vida.
É possível amar alguém que você nunca viu? É possível apaixonar-se apenas lendo cartas desse alguém? E se você tiver 25 anos e ele mais de 70? E se, pior, ele morar em outro país, em um asilo...?
Ah, esqueci-me de me apresentar: Marina Albertini. Moro em São Paulo, estudo moda, tenho um canal com mais de 100.000 seguidores. Trabalho numa agência dos Correios, porém esse nunca foi meu sonho. Eu não queria levar e trazer histórias, queria ser uma história. Mas quando me tornei uma, não tive a menor ideia do que fazer para me livrar da confusão de um sentimento que ninguém jamais entenderia ou aceitaria.

3- O rosto que precede o sonho (2012)
Os sinais que ele não percebeu, no dia do acidente, poderiam ter evitado que seus pais entrassem naquele avião. Tempos depois, algo inesperado mudou o rumo das coisas, e ele, então, passou a esperar o dia em que os sinais voltariam...
Tomas Ventura levava uma vida quase perfeita, cercado por tudo que sempre quis: um violão, um telescópio, muitos discos bons, amigos, um emprego de sonhos e uma casa que flutuava.
Mas no dia em que recebeu a proposta de trabalho da sua vida, o convite para participar da trilha sonora de um grande filme de Hollywood, ele decidiu dizer “não”. Até que dois sinais, os olhos cor de mel daquela menina, mostraram-lhe que ainda havia motivos para seguir em frente... 


4- Dias melhores para sempre (2013)
Bruno dizia que um dos grandes desafios da vida é conseguir provar que as teorias estão erradas.
Quando seu grande amor deixa de reconhecê-lo, ele precisa se transformar como nunca para tentar reconquistá-lo.  Conseguirá ele contradizer o destino e provar que é possível colocar por terra tudo o que afirmavam? Superação e retribuição em mais este incrível romance, onde tudo o que já se imaginou sobre o amor será levado ao limite da mais doce loucura.

5- A máquina de contar histórias (2014)
Na noite em que o escritor best-seller Vinícius Becker lançou A Máquina de Contar Histórias, o novo romance e livro mais aguardado do ano, sua esposa Viviana faleceu sozinha num quarto de hospital. Odiado em casa por tantas ausências para cuidar da carreira literária, ele vê o chão se abrir sob seus pés. Sem o grande amor da sua vida, sem o carinho das filhas, sem amigos... O lugar pelo qual ele tanto lutou revela-se aquele em que nunca desejou estar. Vinícius teve o mundo nas mãos, e agora, sozinho, precisa se reinventar para reconquistar o amor das filhas e seu espaço no coração da família . Uma história emocionante, cheia de significados entrelaçados pela literatura, mostrando que o amor de um pai, por mais dura que seja a situação, nunca morre nem se perde.

6- Surpreendente (2015)
Pedro Diniz tem um desafio e um problema pela frente.
O desafio: filmar um roteiro magnífico capaz de surpreender o público e conquistar o prêmio mais importante do cinema brasileiro. O problema: não ter a menor ideia de como fazer isso.
Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora na periferia, Pedro planeja seu próximo filme - a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.
A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem, feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigo.

Preciso dizer que essa parceria aconteceu porque ouvi falar muito, mais muito bem do autor, mas ainda não havia lido nenhum de seus livros, ainda não. Logo quando acompanhava ele surgiu essa oportunidade de parceria. E agora, nesse exato momento estou extremamente deslumbrada com todas as resenhas (retiradas do skoob), sério! Se essas resenhas forem ao pé do livro, vou chorar em todos eles. Acho impressionante quando consigo conhecer autores " tão bons " assim. Juro que quando comecei a ler opiniões aleatórias sobre o autor, me veio apenas um pensamento: " Esse cara é o Nicholas Sparks brasileiro" E assim eu termino esse post e pensamento, na esperança de novas e boas notícias para vocês futuramente.

Para quem ainda não conhece o autor segue as redes sociais:

Assuntos relacionados:

0 comentários