Resenha 93: A cabana - O mundo da Tutty

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Resenha 93: A cabana


Titulo: A cabana
Autora: William P. Young 
Ano: 2008
Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Classificação: Auto-Ajuda


Sinopse: Publicado nos Estados Unidos por uma editora pequena, A cabana se revelou um desses livros raros que, através do entusiasmo e da indicação dos leitores, se torna um fenômeno de público – já são quase dois milhões de exemplares vendidos – e de imprensa. Durante uma viagem de fim de semana, a filha mais nova de Mack Allen Phillips é raptada e evidências de que ela foi brutalmente assassinada são encontradas numa cabana abandonada. Após quatro anos vivendo numa tristeza profunda causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um estranho bilhete, aparentemente escrito por Deus, convidando-o para voltar à cabana onde aconteceu a tragédia. Apesar de desconfiado, ele vai ao local do crime numa tarde de inverno e adentra passo a passo no cenário de seu mais terrível pesadelo. Mas o que ele encontra lá muda o seu destino para sempre. Em um mundo tão cruel e injusto, A cabana levanta um questionamento atemporal: se Deus é tão poderoso, por que não faz nada para amenizar o nosso sofrimento? As respostas que Mack encontra vão surpreender você e podem transformar sua vida de forma tão profunda quanto transformou a dele. Você vai querer partilhar este livro com todas as pessoas que ama.


Opinião: Esse é um livro inexplicável, é mais que uma história de um pai que perdeu sua filha em um fim de semana. É mais do que a dor de superar uma perda. É mais do que uma lição de dividir os sentimentos difíceis com os próximos. É mais do que ver a dor do outro por um outro angulo, ver a vida por um outro angulo. Por mais que em quase o livro todo ele te ensine que a vida tem vários pontos de vista, esse livro é muito mais que isso.
Não é a primeira vez que leio esse livro, mas a cada leitura eu encontro algo novo, relembro algo que deixei passar e esqueci. Esse livro te ensina o perdão aqueles que não merecem ser perdoados, porque Deus está presente e ele sabe de tudo e é ele que precisa " resolver " aquele encontro ruim de tua vida. Ele te relembra que Deus existe, que ele nunca te abandona, que por mais que você não entenda o motivo daquilo ter acontecido ou porque acontece ainda, por trás Deus não pode controlar tudo que acontece, mais pode fazer daquele momento ruim, um momento de aprendizado.


É difícil explicar em pontos todas as coisas que ele me ensinou. Mas vamos tentar:
- Ele ensina que alguém pode sofrer por uma mesma coisa que você, e você não notar, ou acreditar que sua dor sempre é maior. A dor de cada uma é diferente.
- Ensina que por algumas pessoas e sentimentos a luta é valida. Mack nunca foi um marido maravilhoso, mas sua esposa sempre lutou por ele.
- Não é porque algo de ruim te aconteceu que Deus te abandonou. Deus não controla todas as pessoas, mas tentar ensinar a partir daquilo o que é certo e errado, o perdão, a desculpa, os pontos de vistas. Deus sempre está com você! Acredite!
- Deus também sofre com cada filho dele, seja com sua morte ou com suas atitudes.
- Na vida tudo tem mil pontos de vista, pare para analisar. Tente tirar algo de positivo para sua vida.

Eu acredito que todo mundo deveria ler esse livro um dia, uma lição de vida.

Um comentário:

  1. amei sua resenha^^Vi o filme ,mas ainda não li o livro.
    obrigada por compartilhar sua opinião.
    amo vim aqui.
    http://escreverdayse.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir