sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

2° Nail art

Hoje completamos mais cinco livros resenhados aqui no blog! Já foram dez livros nesses dois meses de blog! E como não podia faltar chegou a vez da Nail art, porém dessa vez só achei unhas sobre o Teatro Mágico! Vamos nessa?




Quem gostou da ideia? Alguém já fez alguma das unhas?
quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Viagem: Buenos Aires - Argentina

Decidi colocar mais uma tag aqui no blog! A tag viagens! Afinal quem não ama viajar? Conhecer lugares novos, novas culturas e pessoas, e acordar para vida, sabendo que o mundo não acaba depois das portas da casa?
Pois então vai ai uma dica infalível! Viaje uma vez e você não vai querer mais parar!
Então vamos a primeira viagem?
Primeiro dia da viagem, já fomos direto conhecer os arredores, e demos de cara com uma das praças do bairro Recoleta!






 Visitamos também o Puerto Madero, o point da cidade!











Rodamos pela cidade a pé para podermos conhecer melhor os lugares, e o que não falta lá são praças para você descansar o dia inteiro!




Fomos parar quase em Palermo, passamos a tarde no Rosedal!










 Esse foi um breve resumo da viagem! Não coloquei mais fotos para não deixar um post sobrecarregado com as fotos da viagem, então acabei não colocando alguns lugares e as fotos que tirei com a câmera em pé. Mas quem quiser saber mais detalhes pode deixar nos comentários que eu respondo ok! A ideia é que vocês gostem do lugar pelas fotos, não vou colocar quanto custou a viagem, ou o preço das coisas que comprei, porém posso responder a essas questões pelos comentários.
Beijos

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Sobre o autor: Steven A. Carter e Julia Sokol


Steven Carter nasceu em 23 de outubro de 1956 em Nova York, autor americano de não ficção, auto-ajuda e humor. Formado pela Universidade de Cornell, membro da sociedade do Quill e Dagger ex-presidente da Ho Nun De Kah honorário e vencedor do prêmio William K Kennedy de Dean para o desempenho acadêmico extraordinário. Steven também possui mestrado em educação e um mestrado em psicologia. Antes de virar ator foi diretor de tênis do Little Dix Bay Hotel em Virgin Gorda, Ilhas Virgens Britânicas.

Em setembro de 2011 Carter foi convidado de honra na Bienal do Livro no Rio de Janeiro, a convite da presidente Dilma Rousseff para comemorar o "ano da mulher".
Autor de 24 livros, com mais de dez milhões de cópias de seus livros. Steven cunhou a frase " Commitmentphobia" em 1987 e é reconhecida como uma das maiores autoridades sobre os temas do compromisso, o medo de compromisso e distúrbios de apego e transtornos de personalidade narcisista.

Livros lançados pelos autores:

Não achei muito sobre os autores na internet infelizmente. Achei que teria muito conteúdo, já que tem muitos livros lançados! Beijos e até a próxima.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

10° Livro: O que toda mulher inteligente deve saber



Sinopse do livro: As mulheres inteligentes sabem que existem duas maneiras de aprender a lidar com os homens - uma fácil e outra difícil. O problema é que a maioria das mulheres se tornam inteligentes da segunda forma, passando por experiências que deixam cicatrizes, mágoas e insegurança. Baseados em histórias de pessoas que, como nós, já investiram em relacionamentos que não deram certo, perderam noites chorando e esperando telefonemas que nunca aconteceram, eles dão valiosas dicas para evitarmos os mesmo erros novamente. Qualquer mulher que tenha se apaixonado pelo menos uma vez na vida vai se reconhecer nessas histórias, rir de si mesma e descobrir que o amor verdadeiro é muito mais do que coração disparado e pernas bambas. Com a ajuda deste livro, você vai aprender também os 11 mandamentos da mulher inteligente
• Como distinguir os homens certos dos errados
• Quando acreditar no que ele diz e quando cair fora
• Como identificar um homem potencialmente violento
• Como lidar com uma separação
O que toda mulher inteligente deve saber vai ajudar você a escolher relacionamentos que lhe permitam crescer e sobretudo tornar-se a pessoa mais importante de sua própria vida.

Minha opinião: Bom, não posso dizer que o livro foi uma decepção. Quando eu fui comprar o livro, não fui pensando nele, mas como não achei o livro que eu queria, acabei pegando ele porque sua capa havia me chamado atenção, não só a capa, mais o que ele diz em sua sinopse. A sinopse não mente, mas também não surpreende, não existe nada de novo que toda mulher não saiba. Não existe nenhuma formula secreta que vá mudar a vida de alguém, como quando por curiosidade eu comprei o livro! Não é um livro ruim, ao contrário do que vão pensar, para algumas mulheres podem ser o "abrir dos olhos", para outras como foi comigo vai ser um "eu já fiz, eu já sei", serve também para rir, porque com certeza você vai lembrar de algum momento engraçado que se encaixe ao livro.
O conteúdo do livro se torna tão óbvio que ás vezes fica chato, eu terminei a leitura não porque tenho TOC para finalizar livros, para saber seus finais, e com esse livro, a espera de mais algum motivo para ler. Talvez se eu tivesse conhecido o livro quando mais nova, aos 15 anos talvez, me seria muito útil. Primeiro livro da Sextante, uma das editoras que sou apaixonada, que realmente me decepcionou em capa/ conteúdo/sinopse.


O mesmo autor lançou mais dois livros do mesmo gênero. E ai, será que é a mesma coisa? Compro ou não compro?

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Sobre: Maíra Viana Barros


Maíra Viana Barros, escritora do " O Teatro Mágico em palavas 1", livro resenhado aqui no blog (clique aqui!), iniciou sua carreira em torno de 2004 como produtora do " O Teatro Mágico. Além de ser escritora, Maíra é formada em jornalismo com pós-graduação em formação literária, é  roteirista, compositora e produtora artística.
Produziu também  o cantor Antônio Nóbrega  e trabalhou como editora de livros na DSOP, lembrando que ela é autora de cinco livros com classe infantil e juvenil.
Conhecida como " a menina das palavras"  e reconhecida pelas músicas que compôs junto com Fernando Anitelli. Ama as palavras desde os 12 anos. Aos 25 começou a publicar contos e crônicas em seu blog.
Em 2007 publicou seu primeiro livro, " O teatro mágico em palavras 1 ", onde foram vendidos mais de 10.000 exemplares de forma independente, o livro teve tanta repercussão que virou série literária.
Em 2009, Maíra foi convidada pela Editora Saraiva para publicar seu segundo livro " Menino Varrido". Ainda em 2009, Maíra produziu e foi diretora da peça teatral " Sinos Imaginários " em São Paulo, que ficou em cartaz quase um ano.
Em 2010 lançou seu livro digital " A menina do sapato caramelo". Em 2011 lançou o segundo livro do " O teatro Mágico em palavras 2". Em maio de 2013, a escritora  escreveu um livro infantil " Clariana, a menina invisível", publicado pela editora DSOP. Em 2016 lançou mais um livro "Venta muito por aqui".

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Frases do livro O teatro Mágico em palavras 1



"Onde já se viu passar dias e dias com dor de cabeça de felicidade?" Sinos imaginários

" Esperança é algo que já não tenho mais. Voou do varal numa noite qualquer. O mesmo varal onde pendurei minha fé."

"Sinto falta do nosso silêncio a dois. Sinto falta dos adjetivos nas mensagens que ouço. Eles devem estar nos meus textos de madrugada. Todos traduzem a fé em nós." 

" Quem sabe um dia bate um vento e, de tão forte, te faça trazer de volta o que sempre foi meu" O varal

"Se tem alguém escrevendo a comédia de erros dessa minha vida, por favor, inserir um kit de primeiros socorros nas ruas por onde eu passo, nos cenários da minha história e, principalmente, próximo ás pessoas que acenam pra mim."

" Todo dia eu acordo buscando saber quem sou e de onde vem o mundo. E me faço as mesmas perguntas. É como se eu estivesse vendo as coisas do mundo sempre pela primeira vez. É como se eu nascesse de novo, todo dia."

"O que passou é passado, vejo pelo retrovisor" 

" Pelo retrovisor, vejo todas as pessoas que eu poderia ter sido e não fui. Pelo retrovisor, vejo tudo que escolhi não viver enquanto a cidade me devora dia-a-dia"

" Meus sonhos estão na UTI. Esperança já não há. Os milagres estão todos em coma. Sigo só. Só me resta esperar."

" Enquanto fechava os olhos imaginava meus sonhos acordando, milagres reagindo e esperança entrando pelo portão de casa."
quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

9° livro: O Teatro Mágico em palavras 1




Sinopse: Onde termina a música e onde começa a história? Pensando nisso, Maíra Viana fez derramar da ponta do lápis para a folha do papel um conto para cada canção composta por Fernando Anitelli, em seu projeto musical O Teatro Mágico. E assim se deu o encontro sublime da poesia do “menino do violão” com a prosa da “menina das palavras”. São histórias que vão do cotidiano urbano ao universo das fábulas. Pode alguém depositar esperanças numa estrela cadente? Como salvar nossa fé em disquete? Onde estarão os sonhos outrora pendurados num varal onírico? Pode alguém passar dias e dias com dor de cabeça de felicidade? Haveria espaço para mais alguém ali que não fosse ela e sua sombra? Para cada música, uma história. Para cada historia, um personagem. Para cada personagem, uma ilustração. Assim é “O Teatro Mágico em Palavras”. Arte Agregada. Um sarau em cada página! Permitam-se.

Opinião: Eu sou suspeita de poder dizer qualquer coisa relacionada ao Teatro Mágico. Desde que eu conheci a banda, minha vida mudou, não é por menos que carrego uma frase de suas músicas em meu braço em homenagem a meu pai. Falar do livro então se torna a mesma coisa. Baseado no primeiro disco da banda " Entrada para raros (na minha opinião, meu preferido até hoje), Maíra Viana nos desafia a olhar tudo com outros olhos. Fica difícil falar de seus contos no livro, quando o subtitulo já descreve todo o resto. São inspirações, as mais belas e bonitas. As ilustrações são impecáveis, lembrando o nosso querido nordeste. Queria poder ter os outros da coleção, afinal esse é o tipo de livro que eu deixo na cabeceira, e quando bate uma saudade e a ele que a gente recorre.

No próximo post que  (clique aqui!) terá frases desse livro, só as melhores que eu separei!

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Sobre a autora: Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho


Vera Lúcia nasceu em 21 de outubro em São Sebastião do Paraíso (MG) é uma médium espírita brasileira que desde  infância percebeu ser mediúnica na forma de clarividência. 
Formou-se em Bacharelado do Ensino, casou-se e começou a morar em São Carlos (SP).
Passou a seguir a doutrina espirita a partir de 1975. Em 1981 começa a receber mensagens psicografadas do espírito Antonio Carlos. Em 1990 começa a ser ditado o primeiro romance de Antônio Carlos. Guiada pela doutrina Kardescista, hoje seu livro de cabeceira é o "Evangelho segundo o espiritismo".
Teve seu primeiro livro lançado em 1993, o " Violetas na janela, pelo espirito de Patrícia.
Hoje possui uma vasta obra publicada dentro do meio espírita:


Muito livro não, acho que ainda temos muito o que conhecer dos livros de Vera Lúcia.

Atualizações do Instagram

SnapWidget · Free Widget