quinta-feira, 31 de março de 2016

Frases do livro : Queria ver você feliz


" Amar subtende-se agir: praticar, lutar, se dedicar, se lançar, se envolver, cuidar, conceber, compreender, construir. Subtende, ainda, se for o caso, se abster de algumas coisas em função de outras. Ou apenas ter paciência. Não agir também é uma forma de agir, não fui eu quem formulou esse pensamento, foi um filosofo por aí."

" Nem todo mundo sabe a,ar de verdade."

" Isso de morder e assoprar é bem coisa do ciúmes mesmo."

" As pessoas são vulneráveis."

"É normal uma pessoa sentir espasmos e calafrios só ver outra pessoa ?"

" É normal uma pessoa tentar se convencer de que já não se importa com outra, tendo consciência de que quer se convencer de uma mentira."

" É normal desejar paralisar o tempo, durante um beijo, ou desejar apressar, durante uma separação, mesmo tendo a informação de que o tempo não ouve ninguém?"

  
terça-feira, 29 de março de 2016

13° Livro: Queria ver você feliz.


Titulo: Queria ver você feliz
Ano: 2014
Editora: Intrínseca
Páginas: 160
Classificação: Biografia


Sinopse do livro: HÁ QUEM O CHAME de Eros, Kama, Philea ou Ahava. O Amor, esse personagem mítico, desempenha o papel de narrador na história real do casal Caio e Maria Augusta, pais da autora Adriana Falcão. O Amor se descreve como perfeccionista e obcecado pelos detalhes, nada que o impeça de ser um bocado descuidado com as consequências dos sentimentos que provoca com suas flechas.
Assim, com uma linguagem poética e ao mesmo tempo muito bem-humorada, Adriana revela para seus leitores aquilo que poderia ser descrito como uma história trágica protagonizada por dois personagens atormentados por seus demônios. Apaixonados, Caio e Maria Augusta se casam no Rio de Janeiro da década de 1950 e têm três filhas. Todo o sentimento que eles compartilham não impede que a personalidade exuberante de Maria Augusta se torne mais obsessiva e asfixiante com o passar do tempo, apesar dos medicamentos e dos tratamentos psiquiátricos. Caio, por sua vez, aprofunda uma melancolia que existia nele desde a adolescência, e que culmina nos anos 1970 em tentativas de suicídio.
Mais do que uma história com um final dramático, trata-se de memórias afetivas que alternam momentos de intensa felicidade e outros tantos de dor, como acontece nas melhores famílias.


" O fato é que eu poderia contar qualquer história de amor, mas e hoje minha memória anda às voltas com esta, de Caio e Maria Augusta, culpo quem abriu um certo baú florido onde estavam guardados cartões, bilhetes, retratos e cartas."


Minha opinião: Minha primeira opinião com esse livro era de que ele seria péssimo, daqueles livros com escrita antiga que contam a história de toda uma geração, deduzi isso pela capa! Quer erro meu!
De inicio achei tudo meio confuso, e só aos poucos descobrir que a história era contada pelo olhos do amor. Qual história não fica perfeita, aos olhos do amor?! Pois é...toda a minha ideia do livro começou a desmoronar por ai. Um dos melhores romances que li na vida, e que por Deus, como eu imaginava que era bom aquela década para se ter um relacionamento.
O livro conta a história de amor de Maria Augusta e Caio, nos início dos anos 40, quando ambos ainda eram muito meninos, até o final da vida dos dois, com todo melodrama, drama, sucesso e derrota que todo romance merece e ao final da história três filhas. Maria Augusta foi uma mulher completamente apaixonada por Caio desde que trocaram olhares na Fonte da Saudade, no bairro carioca da Lagoa, no final dos anos de 1940. Assumidamente arrogante e bem humorado, o Amor analisa a história com todos seus acertos e tropeços, e com distanciamento, mesmo quando não estavam juntos passavam a se corresponder por cartas, o que tornou tudo ainda mais romântico (ah..os tempos de cartas!), era que o livro ainda continha as cartas que os dois trocavam durante todo o relacionamento, o que transparecia mais amor do que a história poderia ter. Além das cartas, o livro contem fotos do casal e das filhas. O melhor ainda estava por vir, o relacionamento não era apenas flores, todo casal tem lá seus perrengues,e isso veio de sobra no relacionamento desses dois. Mesmo que ambos fossem apaixonados um pelo outro e isso fosse nítido a eles, Maria Augusta  ainda depois de várias crises, foi internada no sanatório para tratamento, o que deixa os dois mais descabidos longe um do outro. Mas nada me emocionou tanto, nunca chorei tanto, quanto ao suicídio de Caio. Um dos melhores livros que já li até hoje! Ainda me comovi mais, quando fui procurar saber mais sobre o livro na internet e caiu a ficha de que realmente era uma hist´roia verdadeira, e comecei a querer saber mais dessa história tão linda! Entrou para o top 5!

Querem ver alguma resenha em especial? O que vocês acharam do livro? As frases do livro estão (aqui!)
Beijos
sábado, 26 de março de 2016

Quando comecei a ler!

Acho que já comentei muitas coisas aqui no blog! Mas nunca a parte mais interessante!
Quando comecei a ler!
Não lembro certamente minha idade, mas eu era muito nova, minha mãe era gerente de uma das maiores livrarias da cidade, e de dezembro a janeiro, época de grandes pedidos de livros para editora, já que era inicio de período escolar, ela acabava ganhando muitos livros de várias editoras, então todos os livros acabavam ficando no quarto do meu irmão já que ele era mais velho e estava no período "vestibulando".
Eu que sempre fui apaixonada por leitura, ás vezes acabava passando tardes lá!Sempre folheava os livros, mais não lembro porque eu não lia, acho que era porque não sabia ainda, mais olhar para aquele monte de livros me fascinava.
Então um belo dia achei o bendito primeiro livro, que me fez ler todos os outros existentes dentro de casa : O mundo de sofia do autor Jostein Gaarden, Editora Companhia das letras.


Eu fiquei maravilhada com a história, o enredo, a forma que o autor desenvolveu com todo o cuidado toda a mente de Sofia e do filosofo. Se eu pudesse o leria mais vezes, mais quando me desvendei nessa paixão e lembrei de ter tantos outros livros me esperando, eu meio que enlouqueci.
Meus segundo e terceiros livros foram os de Paulo Coelho (Brida, o diário de um mago, Veronika decide morrer, na margem do rio Pietra eu sentei e chorei), não vou falar sobre cada livro, mas cada vez que eu terminava um, eu ficava imaginando o que estava por vir, até então, talvez por sorte ou pouca leitura, eu não tinha achado nenhum desses livros ruins ou cansativos, eu estava lendo e nascia uma história em minha mente, e eu ficava tipo "uauuuu" sabe?!


A minha coleção posterior começou com Augusto Cury por qual também ainda sou apaixonada hoje! O primeiro livro foi O futuro da humanidade da Editora Sextante.


Deus sabe o porque, e eu só notei agora, nunca fui de ler livros infantis naquela época, a unica coisa infantil que eu tive foi a turma da Mônica, porque minha mãe me ofereceu porque ela iria assinar uma revista e a turma da Mônica tinha desconto. Já que eu estava lendo tudo, para mim foi ótimo! Mias foi uma das poucas coisas infantis que li, todos os meus livros eram muito parecidos com esses que citei acima. 
O engraçado é que essa paixão por livros nunca morreu, sempre li, tive vários blogs de leitura, mais acabava desistindo, é só agora decidir realmente levar essa paixão a serio.
E ai o que acharam da minha história? E a de vocês como foram?
Beijos

quinta-feira, 24 de março de 2016

Sobre a autora: Martha Medeiros


Martha Medeiros nasceu em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em 20 de agosto de 1961. Estudou no colégio Nossa Senhora do Bom Conselho, formou em Comunicação Social em 1982 na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. É escritora, jornalista e cronista brasileira e também colaboradora do jornal Zero Hora e da revista Época.
Martha Medeiros fez carreira na área de publicidade e propaganda, trabalhando nessa profissão em diversas agências de propaganda, em setores de criação e de redação. Pulicou seus primeiros livros de poesia, “Strip Tease” (1985), “Meia Noite e um Quarto” (1987) e “Persona Non Grata” (1991).
Em 1993, foi morar no Chile porque seu marido recebeu uma proposta de trabalho lá e decidiu que uma mudança de país seria uma ótima oportunidade para dar um tempo na profissão, abandonou a carreira publicitária para se dedicar à poesia. Ficou naquele país por nove meses.
Em seguida publicou: “De Cara Lavada” (1995), “Geração Bivolt” (1995), “Santiago do Chile” (1996), “Topless” (1997) e “Trem Bala” (1997) que fez grande sucesso e foi adaptado para o teatro.
Como jornalista, Martha Medeiros escreve crônicas para o jornal Zero Hora, onde possui uma coluna no segundo caderno. Também colabora para a revista Época.
Entre outros trabalhos, publicou: “Divã”, (2002) romance que originou um filme e uma série de TV, estrelado pela atriz Lília Cabral, “Coisas da Vida” (2003), “Selma e Sinatra” (2005), “Tudo Que Eu Queria Te Dizer” (2007), “Doidas e Santas” (2008), “Fora de Mim” (2010), “Noite em Claro” (2012), “Um Lugar na Janela” (2012) e “A Graça da Coisa” (2013).


Como poeta, publicou os seguintes livros: Strip Tease(Brasiliense, 1985), Meia-Noite e Um Quarto (L&PM, 1987) Persona Non Grata (L&PM, 1991), De Cara Lavada (L&PM, 1995), Poesia Reunida (L&PM, 1999) e Cartas Extraviadas e Outros Poemas (L&PM, 2001). Em maio de 1995 lançou seu primeiro livro de crônicas, Geração Bivolt (Artes & Ofícios), onde reuniu artigos publicados em Zero Hora e textos inéditos. Em 1996 lançou o guia Santiago do Chile e Topless (L&PM, 1997).

É autora dos best-sellers Trem-Bala, Doidas e santas e Feliz por nada. Seu romance Divã, lançado pela editora Objetiva, já vendeu mais de 50.000 exemplares e também virou peça de teatro, com Lilia Cabral no papel principal. Martha ainda escreveu um livro infantil chamado Esquisita Como Eu, pela editora Projeto, e o livro de ficção Selma e Sinatra. É colunista dos jornais Zero Hora e O Globo, além de colaborar para outras publicações. 
Já tem resenha do livro "Um lugar na janela" aqui no blog! (Clique aqui!)
Resenha do livro " Feliz por nada" (Clique aqui!)
" A graça da coisa " (Clique aqui!)
Por hoje é só! Até mais!
quarta-feira, 23 de março de 2016

Frases do livro : Um lugar na Janela



" Eu queria ir. Para onde, não importava. Tinha pânico de criar raiz."

"A liberdade é uma ilusão, eu sei. Ninguém é inteiramente livre, a não ser que não possua vínculos. " 

"Continuar é um verbo que também me define" 

"Nada como viajar com o amor da nossa vida, mesmo que esse amor não seja pra sempre. Outros amores vieram e virão, outras viagens também." 

Não esquece que todas as frases eu posto lá no facebook para quem gosta de compartilhar!
terça-feira, 22 de março de 2016

12° livro: Um lugar na Janela - Relatos de uma viagem

A resenha de hoje é especial! É de uma das autoras que sou muito fã, a Martha Medeiros! Quem não né?


Título: Um lugar na Janela - Relatos de uma viagem
Ano: 2012
Editora: L&PM
Páginas: 191
Classificação: Crônicas


Sinopse do livro: Em Um Lugar na Janela, a cronista Martha Medeiros abre espaço para a viajante. Aqui não há nada inventado, tudo aconteceu de verdade: as melhores lembranças, as grandes furadas ainda em tempos pré-internet, as paisagens de tirar o fôlego. A autora de Feliz por nada compartilha com seus leitores as mais afetuosas memórias de viagens feitas em várias épocas da vida, aos vinte e poucos anos e sem grana, depois, já mais estruturada, mas com o mesmo espírito aventureiro, e com diversos acompanhantes: as amigas, o marido, as filhas, o namorado, não importa a companhia, vale até mesmo viajar sozinha.
Com o mesmo estilo pessoal das crônicas, Martha Medeiros transmite aquilo que de melhor se leva de uma viagem: as recordações. É como deixar-se perder num lugar novo – pode ser uma mochilagem pela Europa, uma aventura em Machu Picchu, uma temporada no Chile, poucos dias no Japão – para depois se reencontrar consigo mesma.
Um lugar na janela é um convite para deixar de lado a comodidade do sofá, as defesas e embarcar junto com Martha. O bom viajante é aquele que está aberto a imprevistos, ou seja, a viver.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Meus livros - Parte 2

Oi gente esse é o segundo post ainda sobre os livros!
Nesse post são todos os livros que eu ganhei mas que não são novos! Porque no outro post todos os livros eram novíssimos. Mas desse post são livros usado e que sias bordas estão empoeiradas e meio sujinhas, mas estão intactos  por dentro e algumas capas estão ótimas, são apenas bordas amareladas. 
Eu ainda não sei o que farei com esses livros, vocês tem alguma ideia? Gosto dos meus livros novos, porque assim que eu termino de ler, embalo naquele papel filme transparente que a gente usa na cozinha, isso evita que eles amarelem as laterais que nem esse.
Estava pensando em fazer doação desses livros, porque como tenho renite, sinusite e um monte de alergia, esses livros já empoeirados no quarto não vai me fazer bem. Alguém tem outra ideia?
Bom então vamos começar com as listagens?

Para Sir. Phillip, com amor - Julia Quinn - Editora Arqueiro
Presentes da vida - Emily Griffin - Editora Novo Conceito
O céu está em todo lugar - Jandy Nelson - Editora Novo Conceito
Clube da luta - Chuck Palahniuk - Editora Leya
A sabedoria nossa de cada dia - Augusto Cury - Editora Sextante
Morte e vida de Charlie St. Cloud - Ben Sherwood - Editora Novo Conceito
Para sempre - Kim e Krickitt Carenpenter - Editora Novo Conceito 
A cabana - William P.Young - Editora Arqueiro

Querido John- Nicholas Sparks - Editora Novo Conceito
A escolha - Nicholas Sparks - Editora Novo conceito
Como fui esquecer você - Jennifer Echols - Editora Pandorga
O casamento - Nicholas Sparks - Editora Arqueiro
Love Story - Jennifer Echols - Editora Pandorga
Aprendendo a seduzir- Patricia Cabot - Editora Planeta Brasil
Inteligência emocional no trabalho - Hendrie Weisncer - Editora Objetiva
Mulher no espelho - Helena Parente Cunha - Editora Tempo Brasileiro


O dom supremo - Henry Drummond - Editora Rocco
Sem medo de vencer - Roberto Shinyashiki - Editora Gente
Seja feliz meu filho - Içami Tiba - Editora Gente
Por um fio - Drauzio Varella - Editora Companhia das letras
Em liberdade - Silvano Santiago - Editora Rocco
O simbolo perdido - Dan Brown - Editora Arqueiro
Anjos e dêmonios - Dan Brown - Editora Arqueiro
O futuro da humanidade - Augusto Cury - Editora Arqueiro


Olga - Fernando Morais - Editora Companhia das letras
Atire em sofia - Sonia Coutinho - Editora Rocco
Pai brilhantes, professores fascinantes - Augsuto Cury - Editora Sextante
O estranho caso do cachorro morto - Mark Haddon - Editora Record
Uma curva na estrada - Nicholas Sparks - Editora Arqueiro
Um homem de sorte - Nicholas Sparks - Editora Novo Conceito
O milagre- Nicholas Sparks - Editora Petit selo Agir

Então, ao total são 116 livro, os três livros que estão na lista (O milagre, uma curva na estrada e um home de sorte) é os livros que decidir sortear, esses porém estão novos, coloquei nessa lista apenas porque é os livros que não vou ficar comigo, vão ser sorteados, mais estão novos! O que vocês acharam?
Por favor gente me deem ideias do que faço com os outros livros dessa lista! Aguardo nos comentários ou lá no instagram.
Ah o próximo post será o do sorteio, porém ainda estou sem internet, então vou tentar postar essa semana ainda, já que estou roubando a net de uma amiga na casa dela e não fico muito tempo lá! Mas começo a fazer o post hoje!
Beijos!
quinta-feira, 17 de março de 2016

Oi velox e a falta de assistência e de internet.


Oi gente!
Venho pedir desculpas pelo meu sumiço e esclarecer o motivo.
Contratei a internet OI VELOX, a sete meses atrás. Quando um dos funcionários da empresa me ligou oferecendo a internet de 5 mb a 69.90, e que quando chegasse a 10 mb aqui no bairro, automaticamente eles mudariam minha velocidade para a de 10. Ótimo, estava precisando de uma internet melhor! Na mesma ligação que eu fechei o contrato, eles me ofereceram uma assistência técnica, caso a internet quebrasse, estes viriam resolver o problema, por 14.90 mensais a mais, tudo na conta do telefone, pagando nos finalmente mais de cem reais de conta, já que ainda tem o valor do fixo que não é fixo.
A doze dias atrás no dia 03.03.16 minha internet OI VELOX ) caiu para 0.32 de velocidade, resumindo, a nada, porque nessa velocidade você não consegue carregar nada, nem foto de instagram, quem dirá outras coisas. Como neste bendito dia era culto de formatura de meu primo e eu estava correndo pra resolver tudo, deixei para ligar para a empresa Oi velox na sexta-feira. Do dia 04.03.16, sexta-feira,até o dia 09.03.16 uma quarta -feira, começou todo o processo de ligar para a central da Oi durante horas e por várias vezes, para poder falar com atendentes diferentes e ver se algum bendito funcionário conseguia fazer a internet voltar. O que não aconteceu, durante esses dias fiquei com a velocidade variando de 0.02 a 0.32, não vou nem dizer o que eu faço com isso. Todos os funcionários me davam a mesma resposta: " desliga o roteador que eu vu ver no sistema, agora liga, ta acendendo todas as luzes? Ah não está, então vou abrir uma solicitação aqui para ver o que foi, você tem que aguardar 24 horas (a mais do que os dias que eu já aguardo). Ainda no dia 09.03.16 na minha última ligação para a Oi, fui informada por uma atendente que não havia solicitação para nada no sistema dela e que ela poderia fazer uma solicitação de técnicos para ir a minha casa, caso fossem problemas externos - deles, eles consertariam, se fosse problema com a linha do telefone, modem e cabos - problemas internos da casa, eles cobrariam 69.90 pela visita e NÃO CONSERTARIAM O PROBLEMA! Ispiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiaaaaaaaaa!

Cheguei até a solicitar o bendito técnico na hora, por mais que tenha questionado com a funcionária sobre os 14.90 que já vinha debitando na conta todo mês e ela se enrolou e não me disse nada com relação a esse suporte que eu pago. Porém alguns minutos depois que a cabeça resolveu raciocinar, achei um absurdo eu pagar provavelmente por algo que eu já pago, e que mesmo que eu não fizesse isso, se eles vendem algo eles tem que ter uma assistência para aquilo, eu já tive outra internet, várias por sinal, e nunca fui cobrada por assistência, e eram tão ruins quando a OI VELOX. Liguei novamente para a Oi e cancelei o pedido do técnico, eles me perguntaram o motivo e eu disse que preferia com aquele valor juntar e pagar a multa para cancelar a internet já que eu não tinha um ano de contrato ainda. Eles não fizeram questão do que eu disse e desligaram.

No dia 10.03.16 liguei para a Anatel e fui procurar meus direitos, contei toda essa história ai acima descrita, e a resposta que tive deles foi: " Se você já paga por essa assistência, se tem como comprovar, eles não podem te cobrar por mais assistência nenhuma, se fizerem isso você pode ligar para aqui e dar queixa e inclusive colocar na justiça por isso. Você pode pedir também abatimento na conta pelos dias que ficou sem internet (afinal, se eu fico alguns dias sem pagar a conta eles cortam né?), e se eu quisesse só pelos dias que eu já tinha sem internet eu já poderia dar queixa, já que tinha 6 dias sem resolver e eles não estavam se importando com isso.

Pois bem, para a sorte ou azar deles, eu ainda não sei, tive que realizar uma viagem de emergência para outra cidade no dia 11.03 e fiquei fora até o dia 13.03, esquecendo o telefone que na casa de uma amiga pegando apenas no dia 14.03, descarregado. Como só peguei a noite e estava descarregado, deixei no carregador até o outro dia de manhã, para novamente ligar para Oi. 

Dia 15.03 pela manhã foi a primeira coisa que fiz, liguei para a Oi e contei tudo isso ai, detalhando toda a conversa que tive com a Anatel. Na mesma hora a funcionária disse que ia resolver, que mandaria um técnico para a minha casa no dia 16.03 a tarde e que eu não pagaria nada por isso (curioso né? Agora que eu falei da Anatel tudo tem solução). Fiz questão de perguntar sobre o pagamento já que as conversas são gravadas e eu tenho todos os protocolos dos dias que liguei, e esse ainda anotei o nome da funcionária, vai que né? rs.

Enfim, essa é minha história do sumiço, espero que amanhã a tarde já tenha internet para voltar as atividades, tenho muita coisa para contar e surpresas também. Caso não volte a internet já sabem que agora eu boto a OI VELOX na justiça e na ANATEL. Porque isso é uma falta de vergonha de uma empresa como eles, querendo cobrar do cliente algo que ele já paga e só se propõe a resolver quando vê que a coisa vai para briga.

Deixo bem claro que já me falaram muito bem da GVT, antes que alguém pergunte, e eu só não coloquei aqui porque ainda não pega no meu bairro, porque no dia que tiver eu vou ser a primeira cliente sem dó.

E para quem quer saber da Oi Velox, procura no Google, tem um monte de gente se queixando, fora isso todas as pessoas que conversei na minha cidade que usam a internet dizem que não presta, e me dou ao luxo de deixar a frase de um amigo meu do curso sobre o que ele disse da internet da OI:

" Se cair uma gota de chuva, a internet cai, se ventar forte a internet cai, melhor, se um passarinho cuspir lá de cima, a internet cai."

Se quiser deixe sua opinião aqui sobre a internet que vocês usam. Não precisa ser da Oi não, mas se for melhor ainda.
quarta-feira, 16 de março de 2016

Todos os meus livros - Parte 1

Oi gente!
Hoje decidi fazer um post, porém como ficou grande, dividi em dois posts, sobre os livros que tenho e o que acabei de ganhar!
Porque pra quem não viu lá ainda no insta, ganhei 62 livros semana passada! E fiquei  radiante com tanto livro novo!
 Resolvi separar por ordem alfabética e indicar quais livros foram os que eu ganhei, os que li e os que já resenhei aqui no blog! Vamos lá?


As gêmeas – Saskia Sarginson – Editora Novo Conceito (Lido)
A escolha – Nicholas Sparks – Editora Novo Conceito (Ganhei)
A última carta de amor – Jojo Moyes – Editora Intrínseca (Ganhei)
A culpa é das estrelas – John Green – Editora Intrínseca (Ganhei)
A criação do Facebook – Bem Mezrich – Editora Intrínseca
A cidade sol – Khaled Hosseini – Editora Nova Fronteira(Ganhei)
A garota do Penhasco – Lucinda Riley – Editora Novo Conceito (Ganhei)
A menina que colecionava borboletas – Bruna Vieira – Editora Gutenberg (Lido)
A graça da coisa – Martha Medeiros – Editora L&PM  (Lido)
Assuntos pendentes – James Van Praagh – Editora Sextante (Lido)
Abrace seus clientes – Jack Mitchell – Editora Sextante (Ganhei)


Belle – Lesley Pearse – Editora Novo Conceito (Ganhei)


Chico Xavier – Um doce olhar para o além- Editora Globo Livros (Lido e resenhado)
Cidades de Papel – John Green - Editora Intrínseca (Lido e resenhado)
Corações Feridos – Louisa Reid – Editora Novo Conceito (Ganhei)
Conversando com espíritos – James Van Praagh - Editora Sextante
Como aproveitar a sua reincarnação – Mauro Kwitko – Edições BesouroBox (Ganhei)
Ciência x Espiritualidade – D. Chopra & L.Mlodinow - Editora Sextante
Capitu mandou flores – Rinaldo de Fernandes - Geração Editorial (Ganhei)


Depois dos quinze - Bruna Vieira – Editora Gutenberg (Lido e resenhado)
De volta aos quinze – Bruna Vieira – Editora Gutenberg (Lido)
Death Note- Caderno (Lido e resenhado)
Diário de uma paixão – Nicholas Sparks – Editora NovoConceito (Lido)
Doidas e Santas – Martha Medeiros – L&PM Editores (Lido)
Desejo Proibido – Sophie Jackson – Editora Arqueiro (Ganhei)
Desafio – C.J.Redwine – Editora Novo Conceito (Ganhei)
De volta aos sonhos – Bruna Vieira – Editora Gutenberg


Espíritos entre nós – James Van Praagh- Editora Sextante (Lido e resenhado)
Eu estive aqui – Gayle Forman – Editora Arqueiro
Em busca do sentido da vida – Augusto Cury – Editora Planetado Brasil (Ganhei)
Extraordinário – R.J.Palacio – Editora Intrínseca


Floresta Encantada – Johanna Basford – Editora Sextante
Feliz por nada – Martha Medeiros – Editora L&PM
Gossip Girl – Cecily Von Ziegesar – Editora Galera Record
Grey – E.L.James – Editora Intrínseca (Ganhei)


Jardim secreto – Livro de colorir antiestresse para adultos- Johanna Basford - Editora Sextante (lido e resenhado)
Jardim Encantado – Editora Ciranda Cultural
Kama Sutra XXX – Alicia Gallotti – Editora Planeta do Brasil (Ganhei)
Laços de amor eterno – James Van Praagh – Editora Sextante


Muitas vidas, muitos mestres – Brian l. Weiss – Editora Sextante
Na ilha – Tracey Garvis Graves – Editora Intrínseca
Não se iluda não – Isabela Fritas – Editora Intrínseca (Lido)
Não se apega não – Isabela Freitas – Editora Intrínseca (Lido)
Nunca desista de seus sonhos – Augusto Cury – EditoraSextante (Ganhei)


O que toda mulher inteligente deve saber- Steven Carter & Julia Sokol – Editora Sextante (Lido e resenhado)
O teatro Mágico em palavras 1 – Inspirações (Lido e resenhado)
O milagre – Nicholas Sparks – Editora Nova Fronteira seloAgir. (Lido e resenhado)
O presente do meu grande amor – Stephanie Perkins – Editora Intrínseca
O maior amor do mundo – Seré Prince Halverson – Editora Arqueiro (Ganhei)
O Diário de Demi Lovato – Editora Best Seller
O livro dos espíritos – Alan Kardec – Editora FEB


O diário de Helga – Helga Weiss – Editora Intrínseca
O menino do pijama listrado – John Boyne – Editora Cia dasletras (Ganhei)
O caçador de pipas – Khaled Hosseini – Editora NovaFronteira (Ganhei)
O conde enfeitiçado – Julia Quinn – Editora Arqueiro (Ganhei)
O duque e eu – Julia Quinn- Editora Arqueiro (Ganhei)
Os segredos de Colin Bridgerton – Editora Arqueiro (Ganhei)
O preço amargo da calúnia – Olga Regina de S.S.Guimarães (Ganhei)
O livro segundo o espiritismo – Alan Kardec – Editora Ide]

Por que os homens casam com as mulheres poderosas – Sherry Argov- Editora Sextante
Passarinho – Crystal Chan – Editora Intrínseca
Pra sempre sua – Sylvia Day – Editora Paralela (Ganhei)
Profundamente sua – Sylvia Day - Editora Paralela (Ganhei)
Por um momento apenas – Bella Andre – Editora Novo Conceito (Ganhei)
P.S. Eu te amo – Cecília Ahern – Editora Novo Conceito (Ganhei)
Queria ver você feliz – Adriana Falcão – Editora Intrínseca(Lido)
Questões do coração – Emily Giffin – Editora Novo Conceito (Ganhei)


Resposta certa – David Nicholls – Editora Intrínseca 
Segredos e mentiras – Diane Chamberlain – Editora Arqueiro
Segredos de Paris – Zóe de lãs Cases – Editora Sextante
Sempre fui sua – Bullying entre o amor e o ódio – Penélope Douglas – Editora Universo dos livros (Ganhei)


Tão mais bonita – Cara Hoffman – Editora Intrínseca (Ganhei)
Toda sua – Sylvia Day – Editora Paralela (Ganhei)

Um homem de sorte – Nicholas Sparks – Editora Novo Conceito (lido e resenhado)
Uma curva na estrada – Nicholas Sparks – Editora Arqueiro (lido)
Um dia – David Nicholls – Editora Intrínseca  (lido)
Um olhar de amor – Bella Andre – Editora Novo Conceito (Ganhei)
Um ano inesquecível – Um grande amor que nem o tempo pode apagar – Ronald Anthony – Editora Novo Conceito (Ganhei)
Uma longa Jornada – Nicholas Sparks – Editora Arqueiro (Ganhei) 
Uma prova de amor – Emily Giffin – Editora Novo Conceito (Ganhei)
Uma carta de amor – Nicholas Sparks – Editora Arqueiro (Ganhei)
Uma segunda chance – Susan Wilson – Editora Sextante (Ganhei)
Um lugar na janela – Martha Medeiros – Editora L&PM

Violetas na janela – Vera Lúcia Marinzeck – Editora Petit  selo Agir da Nova Fronteira (Lido e resenhado).
Veronika decide morrer – Paulo Coelho – Editora Sextante (Ganhei)

Até agora tem nessa lista 85 livros! Vamos para o segundo post?!
Espero vocês amanhã no mesmo horário!

quinta-feira, 10 de março de 2016

Untill Dawn - O jogo de terror que vai te deixar viciado!

Hoje venho falar de um jogo mega viciante lançado exclusivamente para playStation 4 em 25 de agosto de 2015. UNTILL DAWN vem com um gráfico excelente e um modo de jogo diferente, ainda mais para quem ama Terror!


Untill Dawn é um jogo baseado em enredo de filme de terror, onde um grupo de amigos (Sam, Mike, Jessica, Emily, Matt, Ashley, Chris, Josh, Hannah e Beth) se reúne, em um chalé nas montanhas da cidade de Blackwood Pines. Durante a reunião de amigos, eles resolvem fazer uma brincadeira com Hannah que é apaixonada por Mike, colocando todos dentro do quarto escondido e fazer com que Mike de em cima de Hannah, quando ela descobre a brincadeira, sai correndo para fora do chalé. Beth sua irmã vai atrás de Hannah para consolá-la e trazer de volta para o chalé. Após um barulho na floresta Hannah cai do penhasco junto com Beth e morrem, ou aparentemente é o que aparece no inicio do jogo.
Após um ano desse ocorrido, o irmão das meninas convida todos novamente para uma reunião no mesmo chalé em homenagem as irmãs mortas.


E então que o jogo começa. A partir dai o jogo é composto de escolhas, desde pequenas escolhas como escolher que caminho seguir, a grandes escolhas como atirar em alguém, ou salvar algum outro personagem. O objetivo é que cada escolha que você faça mude todo o enredo da história, o efeito borboleta. As ações escolhidas determinam quem morre e quem sobrevive na história até o amanhecer.O mais interessante do jogo é que além do jogador fazer as mais inusitadas escolhas e utilizando algumas vezes o "quick time events" em que você precisa apertar botões que aparecem subitamente na tela nos momentos chaves, ou utilizando do novo modo de controle do PS4, de movimento, apenas que você fiquei imóvel com o controle, esses mínimos detalhes influenciam no continuar do jogo, ele permite que você controle todos os personagens em momentos diferentes. O que te prende ao jogo além do enredo, é as escolhas feitas para que o jogo continue, afinal isso te faz ficar curioso sobre o que teria ocorrido caso você estive escolhido diferente,ou qual final teria caso todos morram, ninguém morra ou alguns personagens morram. Fazendo que no final, Untill Dawn tenha inúmeros finais.



Após todos no chalé, eles se separam e aos poucos vão descobrindo que não estão a sós na montanha, que existe um assassino a solta nas montanhas. A cada cenário existe inúmeros objetos a ser achado, os mais importantes são os totens que te ajuda a entender toda a trama, mostrando uma previa do futuro. A cada final de capitulo aparece mais um personagem o Dr. Hill, um psiquiatra que trata um personagem inicialmente misterioso que nesse momento e você que controla.



Minha opinião: Sem mais spoiler sobre a continuação do jogo, apenas posso dizer que para quem ama filme de terror, esse é o jogo certo. Consegui zerar o jogo em uma tarde, mais não me contentei com o final que tive, que só sobraram dois personagens, joguei novamente para ver um novo final. E talvez eu jogue um terceiro. Afinal cada movimento ou escolha errada altera todo o jogo, e ainda não encontrei todos os objetos em cena. É um jogo viciante, para quem gosta de terror, mais não para quem espera muita ação, como dar vários tiros.  Nota: 10



sábado, 5 de março de 2016

Frases do livro: O que toda mulher inteligente deve saber


As ultimas semanas foram tão corridas que mal pude escrever um post, e acabei esquecendo de colocar um sobre as frases do livro que eu havia postado, e só descobrir hoje!
Então como não gosto de ficar em falta, vamos lá?

" Basta não desistir- é simplesmente uma questão de tempo"

" Um homem que não sabe" o que quer "não merece o que tem."
" Embora seja doloroso abandonar um sonho, ás vezes é a única coisa inteligente a se fazer."

" Superar a dor de perda de um amor parece levar um tempo aparentemente infinito e há avanços e recuos. É importante que você acredite que irá superar essa perda. Continue apenas cuidando de si mesma"

" Há uma enorme diferença entre ele estar passando por uma fase e você estar sendo deixada de lado."

" Se você está amando alguém que a está magoando, um dia você não estará mais se amando."

"Como diria um salva-vidas: quando você tenta salvar um homem que está se afogando, corre o risco de afundar com ele."

" Um homem que é difícil de ser encontrado, é difícil de ser mantido."

" Quando um homem desaparece de repente, sem uma boa explicação, é porque existe algo de errado com ele, e não com você."

"Um homem que não aparece ou não telefona quando diz que vai ligar, não vale o papel onde o número do seu telefone está anotado."

" O homem que desaparece, em geral, reaparece (como por milagre), no momento em que voc~ee o esqueceu... ou encontra um outro homem."

" Viver com um homem errado, pode ser mil vezes mais solitário do que viver sem nenhum."

" O fato de um homem criticar " homens que traem suas parceiras" não significa que ele não faça isso... na realidade, ás vezes é um indício que ele faz."

sexta-feira, 4 de março de 2016

Frases do livro : Um homem de sorte!



" Mesmo que algumas pessoas sejam deixadas para trás, outras inevitavelmente pegarão seu lugar e que todo lugar tem aspectos positivos - e negativos- a oferecer."


" As pessoas gostam de imaginar que são livres para escolher seus próprios caminhos - ás vezes as escolhas podem ser ilusórias."


" Ás vezes as coisas mais ordinárias podem transformar-se em extraordinárias, simplesmente se realizadas pelas pessoas certas"

Essas foram as frases que mais gostei do livro! E ai alguém tem mais para indicar?
Logo, logo posto essas frases no insta! Beijos
quinta-feira, 3 de março de 2016

11° livro: Um homem de sorte

Tem uma resenha fofa hoje! Afinal Nicholas Sparks faz os romances terem um "Q" a mais na nossa vida.  E não vai ser diferente com o livro Um homem de sorte!




Sinopse do livro: “Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografa dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela.” 
“Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar. Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fim de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto. Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade. 
Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. prazer de caminhar. Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar. Simples assim. Gostava de partir quando sentia vontade, no seu próprio ritmo, para o lugar que quisesse. Depois de passar anos cumprindo ordens no Corpo de Fuzileiros Navais, a liberdade o atraía.(...)
Até ter encontrado a fotografia, a vida de Thibault seguia como há muito havia planejado. Ele sempre tinha um plano."

Minha opinião: Logan é um fuzileiro que foi encaminhado ao Iraque e lá encontra a foto de uma mulher, ele não sabia que uma fotografia poderia mudar tanto sua vida. Os amigos de Logan dizia que aquela foto o salvou de um terrível ataque e continua salvando até o fim da missão, batendo o recorde de qualquer um daqueles que já passou por ali, a fotografia traria sorte para Logan, ele só não acreditava nisso ainda. De tanto um dos seus amigos falar tanto sobre a foto e que ele deveria ir atrás da dona daquela fotografia, que Logan ao final da missão, sai em busca de respostas. Ele chega a Hampton, junto com seu cachorro Zeus, ele descobre os segredos de um policial mal-caráter chamado Clayton, ex-marido de Beth, dona da fotografia que ele tanto procura, e ai é que a história começa.
Ele então se candidata a uma vaga de trabalho no Canil, esse trabalho cai como uma luva, já que Beth trabalha lá, e ele havia adestrado Zeus desde cedo, então sabia por onde ir.
Sem querer contar sua história e escondendo todo o percurso da fotografia em sua mão, ele acaba sendo um cara muito misterioso, tanto para o ex de Beth que vive atrás de querer descobrir sobre sua vida, quanto posteriormente para Beth, que sempre tem duvidas sobre seu passado.
No decorrer da história entre tantas emoções e paradigmas, que deixa qualquer mulher babando imaginando um dia ter um cara que nem o Logan ao  lado, protetor, confiante, trata super bem o filho de Beth, bonito e inteligente, chega o momento que a foto tem que ser revelada, trazendo sofrimento para a família de Beth ao saber da verdade.
Como todo mundo conhece o enredo das histórias de Nicholas Sparks, ele sempre cria uma história enorme e desmembra o meio, tornando o "curta" longo demais. Alguns livros é assim, chega a cansar o leitor de tanta enrolação, mesmo que o final seja perfeito! No homem de sorte não ia ser diferente, porém o jeito que ele desmembrou a história não me deixou cansada, mas sim, extasiada, querendo saber o final de todos os personagens, o jeito que ele contou, falando dos detalhes do relacionamento dele e de Beth, os pensamentos dela, foi uma grande história! Eu podia me ver dentro da história, uma hora sendo Beth, outra sendo Logan! Eu fiquei apaixonada pela história!

Eu já falei um pouco sobre o autor Nicholas Sparks aqui no blog, e sobre o livro " O milagre", então quem tiver curiosidade, corre lá!

terça-feira, 1 de março de 2016

Fotografia de Fevereiro











Atualizações do Instagram

SnapWidget · Free Widget