sexta-feira, 29 de abril de 2016

Sobre a autora: Jaqueline de Marco


Jaqueline de Marco é o pseudônimo usado por Jaqueline Marcos, que nasceu no litoral de São Paulo, em 1985, local onde mora atualmente. Formada em Jornalismo, trabalha na área de assessoria de imprensa. Escreve textos originais e fanfictions desde 2002.
Também autora do romance "A dona do cabelo laranja", publicou alguns textos em antologias de editoras nacionais. Já participou de diversos concursos literários, chegando a ser classificada para a etapa regional do Mapa Cultural Paulista, em 2013.
Já escreveu três livros: "Super desapegada", "Brevemente eterno" e "Meu amor é um mito".
Jaqueline começou a ler aos dez anos, foi onde começou o seu vício por leitura. Tem hoje como livros preferidos "Harry Potter", " A sombra do vento", "Executiva do lar", "Delírios de consumo" e " Sem climas para o amor".
Jaqueline está escrevendo uma nova história, sem previsão de lançamento, também na linha do Chick-lit. Apenas sabemos que é uma comédia romântica que ocorre em São Paulo e cheia de confusões. Tem mais dois livros roteirizados e um prontinho o " A dona do cabelo laranja", que ainda não foi publicado.

Não posso mentir, já tenho curiosidade de ler os outros livros da autora. Afinal quando se gosta de um, quer ler todo o resto né?
Todos os livros da Jaque:


Quem quiser ver a resenha do primeiro livro: Super desapegada (clica aqui!)

Beijos!
quinta-feira, 28 de abril de 2016

Frases do livro : Super desapegada


"  O universo era muito injusto por colocar o mesmo homem no coração de duas mulheres diferentes".

" São as nossas decisões que nos transformam em quem somos. Não tem certo ou errado nesse caso".

" ...Como a ideia da busca pela felicidade é distorcida ás vezes. Dizem que você precisa ser feliz, mas dependendo das decisões que tomar, a felicidade fica pelo caminho e o preço, afinal, foi sua própria felicidade".

"Ninguém ama igual. Todo mundo tem uma maneira bem peculiar de se apaixonar".

" É bem capaz de você tropeçar na felicidade e deixá-la passar sem nem notar".

" Quero ver quem é que tem coragem de levantar a cabeça depois de um fracasso e correr atrás do que quer. De assumir e utilizá-los como aprendizado na tarefa de fazer 'o diferente'".

" Era humana, errava. E erraria muito mais ainda ao longo dos anos. Mas, ela sabia, aprender a se desculpar após se arrepender de coração era o início do amadurecimento. Os erros ensinavam. Eles faziam parte da tarefa 'crescer'".

" Querer" - Essa palavra em especial pode não dizer nada, mas durante a leitura do livro, em um momento específico, eu apenas parei de ler, fechei o livro, e fiquei imaginando naquele diálogo, o quão forte tinha sido a palavra querer, não só no livro, mas o quanto ela queria dizer na minha vida.

" E com tanta gente no mundo a solidão é uma questão de escolha".

" Tudo em excesso é ruim, seja apego ou solidão."


quarta-feira, 27 de abril de 2016

17° livro: Super desapegada


Ano: 2015
Editora: Draco
Páginas: 220
Classificação: Chick-lit/Ficção

Sinopse do livro: Raquel faz o maior sucesso na internet. Seu blog Super Desapegada motiva mulheres a se valorizarem e prega a autoestima sem a presença constante e essencial de um companheiro. Mas fora da web Raquel não é tão descolada assim e carrega há muito tempo um amor platônico por Alan, seu melhor amigo de infância. Em seu aniversário de trinta anos, Raquel descobre que ele está noivo de Bianca, a irmã caçula de Eric, seu rival nos tempos de escola. Para conseguir acabar com o casamento e conquistar de vez seu grande amor, a blogueira precisa se aliar ao sarcástico Eric. Porém logo ela começa a perceber que essa parceria pode render muito mais do que imaginava.



Minha Opinião: Pleaseeeeee! Quero esse livro na minha estante! Quem já não se viu na pele de Raquel que jogue a primeira pedra! Sou muito suspeita de falar alguma coisa, não que eu tenha vivido a mesma coisa, mais sabe aqueles amores platônicos na infância? Que você jura que o amigo de seu irmão é apaixonado por você, já que ele vive dizendo isso e agindo como, e você acaba acreditando e ficando apaixonada por ele por anos? É isso eu vivi.  E lendo o Super desapegada acabei me lembrando muito dessa época e de algumas outras mais recentes em que também tinha um blog de desabafo.
Talvez seja por isso que eu tenha amado tanto o livro. Todo mundo se encaixa em algum momento da história, seja no momento do cara errado, dos planos mirabolantes ou na encontra do cara certo. 
Raquel é o tipo de mulher de quase 99% das mulheres, me incluindo nessa conta, onde ela é cheia de planos, apaixonada pelo cara certo, mas não para ela, vivendo com os pés no chão com medo de voar e com um blog que fazia muito sucesso, onde ela escrevia sobre relacionamentos. Eu só consegui imaginar nesse momento que Jaque talvez estivesse me conhecido em uma outra vida, porque ás vezes ela só me descrevia.
Raquel era apaixonada por Alan desde seus quinze anos quando fez sua festa de aniversário, e não consegue se declarar para ele por puro medo de tudo que para ela parecia "certo" dar errado, já que em alguns momentos ela achava que eles eram só amigos e em outros ela sentia que havia algo mais. Quando decide que chegou o momento de falar toda a verdade para ele, exatamente na sua festa de 30 anos, Alan aparece com uma noiva (e eu quase infartei nesse momento). O mundo de Raquel desabou, e a gente sabe bem como é isso, porém não mais que clichê, mas a pura verdade, Deus fecha uma porta e sempre abre uma janela, foi assim para Raquel, e acredito que para todas as mulheres nesse mundo. É todos esses momentos ela acaba compartilhando no seu blog, o super desapegada, que dá nome ao livro, onde apesar dela ser toda essa mulher indecisa e com medo na vida real, no blog ela aparenta para seus fãs que é super desapegada, e que na verdade, essa é a melhor saída, não apenas em relacionamentos, mas que devemos nos desapegar de objetos, lembranças, tudo que na verdade não nos faca bem.
Raquel acaba conhecendo no decorrer da história seu príncipe encantado, mas como toda boa história, ela erra muito até esse relacionamento dar certo.
O que eu mais gostei do livro não foi apenas o jeito que Jaqueline acabou escrevendo a história, mas é uma história que acontece com qualquer mulher, quem lê acaba em algum momento se vendo ali, no lugar de Raquel, fazendo cada uma acreditar que na vida tudo tem seu momento, sua tampa para panela, que o amor realmente chega para os desavisados, e que desapegar realmente é bom, arriscar no novo, no desconhecido, ás vezes pode surpreender.
Engraçado que esse livro veio no momento em que eu realmente precisava desapegar de algumas manias, sentimentos e sonhos. Não acreditava que esse livro pudesse me ensinar tanto. É o tipo de livro que você não dá nada por ele, e depois quer reler dez vezes e deixar ele na sua cabeceira. 

Alguém já leu? O que achou?
O livro pode ser encontrado para comprar na:
Amazon / Apple / SaraivaGoogle / Kobo

terça-feira, 26 de abril de 2016

Sobre o autor: Isabela Freitas


Isabela Ribeiro Freitas tem 23 anos, nasceu em Juiz de Fora, Minas Gerais em 9 de dezembro de 1990. Cursava direito mas abandonou no oitavo período, pretende ainda cursar publicidade e jornalismo. Até 2010 não tinha internet em casa, então não fazia ideia do que seriam todas as redes sociais. Após o pai instalar internet, a Isa fez um twitter inspirado em Gossip Girl, onde dizia verdade, na maior parte sobre os relacionamentos, isso tudo após um fim de relacionamento. Logo após criou o blog a pedidos dos seus fãs do twitter, para escrever textos maiores, se tornando um fenômenos nas redes, passando de 100 mil acessos diários.
Em junho de 2014, a Isa lança um livro pela editora Intrínseca, " Não se apega, não ", inspirado no blog que logo virou best-seller de auto-ajuda para adolescentes, vendendo 80 mil exemplares no primeiro mês.

Em 2015, a Isa lança o " volume 2", "Não se iluda, não". Tendo a mesma repercussão em vendas do primeiro livro.
Após toda essa repercussão, Manoel Carlos, autor de novelas globais, gostou do que leu e convidou a moça para um café no Rio, ele tinha como objetivo adaptar o texto para a televisão. O resultado saiu em seis episódios de dez minutos no Fantástico.
 Agora em 216 a Isa se supera e lança o " Não se enrola, não! Sequência da história!

As resenhas dos três livros você encontra aqui: " Não se apega, não" e "Não se iluda, não", Não se enrola, não.
Quem quiser seguir a Isa nas redes sociais: 
Blog           Youtube            Facebook            Insta        Twitter

Beijos!
segunda-feira, 25 de abril de 2016

Frases do livro: Não se apega, não


"É difícil acreditar de novo quando você já acreditou demais em quem não fez por onde..."

" O que seria dos começos se não existissem os finais?"

"Loucos são os que mantem relacionamentos ruins por medo da solidão. Loucos são os que aguentam desaforo seguido de desaforo para não se verem sós em suas próprias companhias"

"Mas não posso aceitar a ideia da total dependência de um namorado; eu preciso aprender a viver sem estar com alguém do meu lado"

"Tudo tem limite"

"Eu não acho que tenha de mudar o meu jeito para manter um namoro. Talvez podar algumas atitudes mais radicais, aquelas escorregadas em que a gente age sem pensar"

"Tentei passar a confiança que tanto faltava por parte dele, tentei mostrar que ele poderia ser uma pessoa melhor se quisesse..nada mudava."

"Leve para a vida: você pede uma, duas, três vezes...na quarta e hora de tomar uma atitude."

"Adora jogar na cara que os caminhos são muitos e que devemos aceitar as consequências da escolha de cada um deles"

"Os erros existem pra que aprendamos a acertar. Se não errássemos dias após dia como saberíamos quando acertamos?"

" Francamente, términos não são de todo ruins."

" As pessoas que se sentiam "solitárias" ao observar um relacionamento do lado de fora da redoma não sabiam como eu me sentia só lá dentro. Eu estava vazia, e esse vazio começava a triturar meu estômago, que antes era habitado por borboletas coloridas e esvoaçantes dos mais diversos tamanhos. Eu estava me destruindo para poder manter um relacionamento. e olha, não vale a pena."

"Por Deus, eu ainda me forcava a lembrar todos os dias a sensação que sentia na primeira vez em que o vi"

" Gostamos de acreditar que tudo ainda pode mudar, que ainda pode ser como antes, que ainda pode existir faísca em meio aos destroços do incêndio."

" O "amor" que machuca e destroca, aquele que nos deixa louco, insanos, que nos faz passar por cima de nossos princípios, esquecer tudo aquilo que lemos e aprendemos, brigar com amigos, família, ultrapassar montanhas pessoais para, no fim , descobrimos , enquanto a outra pessoa só fazia correr e se afastar. Esse falso amor nos ensina bastante."

"O "amor" pode ser perigoso se ingerido em doses altas. e quando acaba o estoque, pode ser fatal."

"Eu lutava até minhas forcas se esgotarem, porque eu sempre quis que fosse exatamente da forma como havia idealizado. Besteira. Esse tipo de coisa não pode ser planejado, projetado, combinado. Isso simplesmente existe, se desenrola, cresce, toma conta do ser. Expectativas."

"Quem muito espera se decepciona"

"O amor é assim, a causa e a solução de todos os problemas. Mas, durante boa parte de nossa vida, só nos traz problemas. Problemas que parecem impossíveis de serem solucionados, problemas que nos deixam de cabelo em pé e com vontade de gritar tão alto a ponto de fazer explodir o mundo."

"Pega e não se apega? Isso é justificativa pra vulgaridade, desculpe-me."

"A propósito, conselhos sempre parecem mais fáceis quando dados a outra pessoa. Digo isso por experiência própria. Eu, que sempre tenho conselhos na ponta da língua, me vejo em apuros quando preciso aplicá-los na minha vida."

"Só e feliz a dois quem já e feliz sozinho"

"Ás vezes a impressão de que as pessoas só bebem para aguentar a solidão ou escapar dela. Eu, pelo menos só bebia nessas ocasiões."

" Se meu coração fosse uma melodia, seria uma bateria de escola de samba completa agora."

"Aquele que não se ama procura no outro um amor incondicional que deveria existir dentro de si mesmo, aquele que se ama se basta. Estar ao lado de alguém é apenas o simples fato de possuir uma boa companhia para desfrutar seus dias."

"O coração gosta de sinceridade, de ser aquilo para o qual foi destinado."

"Eu queria ser indiferente a sentimentos, não sentir tanto, não sofrer tanto."

" Mulherzinhas tem o coração despedaçado em milhões de parte e fica difícil juntar os cacos, já que apenas um toque pode abrir a ferida novamente. Mulherzinhas são enganadas porque mulherzinhas acreditam sempre no melhor das pessoas"

"Antes que me entendam mal, eu não acho que uma pessoa precise ser rica, bem sucedida e ter quatro carros na garagem para ser feliz em um relacionamento."

" Mas que eu nunca perca minha vontade de viver e de me realizar. que eu nunca desista daquilo em que acredito e daquilo que sonho. Que as decepções não me impeçam de voar alto."

"Ninguém precisa ter a seu lado alguém que se faz de vitima o tempo todo."

"Eu sorrio. É engraçado como as pessoas só resolvem ser o melhor que podem ser quando perdem seus pares. Por que ele não foi esse cara desde o inicio da nossa relação? Por que guardar o seu melhor apenas para os momentos de desespero? Porque o melhor acaba ficando sempre em promessas que não são cumpridas? Por que não se esforçar para conquistar todos os dias as pessoas de quem você gosta e não só quando ela se vai? Por que?"

"Descobrir que a pessoa que esta contigo não se importa com você a ponto de nem conhecer as suas reações e sentimentos é frustrante."

" Nem me apaixonar, nem me decepcionar. Eu só queria uma certa calmaria antes que viesse uma nova tempestade. Porque você sabe, elas sempre vêm."

"As pessoas sempre descobrem novas formas de nos decepcionar"

"Acho que nasci com uma doença que se chama preciso fazer mais, em troca disso serei infeliz. E que tornar as pessoas felizes me faz um pouco feliz. Pelo menos por um tempo determinado. E eu cansei. Cansei mesmo, e olha que eu nunca me canso de nada."

"Desde pequena eu estava nessa de ser o que todos queriam."

"Por que é que a gente se esquece de ser feliz?"

"O problema era que eu não conseguia mais sentir o chão desaparecer sob os meus pés, nem escutar sinos tocando, como no começo da paixão."

"Feliz, eu, mais uma vez. Infeliz."

" Tá. Confesso. Eu não sei terminar. Nunca soube."

" Afinal, nunca é a hora certa para dizer adeus."

"É preciso se ferrar. É preciso bater com a cara na porta, é preciso se decepcionar, é preciso desistir. Desistir não é fracassar. É admitir em voz alta que você insistiu por tempo demais. E eu insistir por tempo demais. Era a hora de deixar ir.

" O problema é que, nessa de ser o que todos queriam que eu fosse, nunca fui aquilo que sempre quis ser. Eu. E isso cansa sabe? Era hora de vestir um vestido de mim mesma, bater no peito e estabelecer ordem nessa bagunça que eu chamo de "pensamentos".

"Que ironia, ela encontrou a felicidade perto de um cara que estudou com ela quando eles eram bem mais novos. a vida deu um jeito de reuni-los novamente. o amor gosta de "esconder" ao nosso lado né?

"Quando foi que o amor se tornou algo tao difícil para você heim?"

" Acontece que, durante um relacionamento, é comum tapar os olhos para não se magoar tão facilmente. As mágoas começam pequenininhas, tímidas, diria que ate educadas, como se pedissem: ei, posso te magoar um pouquinho? só um pouquinho vai! Juro que não vai doer" e você deixa, sem reação, porque o que você sabe sobre o amor e tao pouco que não e suficiente para afirmar;: ei, desde quando o amor dói? E você se machuca. E você sangra. E a ferida cicatriza. E abre de novo. E um ciclo no qual os dias ruins são como os dias da semana, e os dias bons são uma sexta feira, seguida de um sábado, ate que o domingo vem pra te lembrar quão miserável a vida é.

" Porque você e mais forte do que imagina."

" Lembrar-se do passado com um sorriso no rosto e prova que o passado não te machuca. Não mais.

" Difícil é achar alguém que faca o nosso coração bater mais forte."

" E, no seu mundinho. eu sinto que, por mais que eu te conheça e seja sua melhor amiga há anos, ainda não sei nada sobre você. Como por exemplo, todo esse lance da sua família, de você ter sido separado do seu irmão gêmeo quando vocês tinham um ano. A briga de seus pais eu nunca entendi. Sei la você não desabafa sobre isso, e poxa, eu desabafo sobre tudo o tempo todo contigo. Eu sinto como se você não confiasse em mim o suficiente para abrir o coração...E eu odeio sentir isso."

" Se tem uma coisa que eu aprendi e que quando estamos muito tristes, muito doentes, ou muito vazios, dormir e o melhor remédio. Porque dormir nos leva ao mundo dos sonhos. E lá podemos ser felizes de novo."

" Assim, assim mesmo. Desse jeito. Sem nem dizer tchau, ate logo, ou eu te amo. Ela nunca se foi e eu nunca mais a vi."

" Por que o trem de algumas pessoas embarcam antes do horário marcado para o embarque? Por que não podemos segurar as mãos de quem amamos e impedir que se vão? Por que não temos a chance de dizer adeus? Por que somos acometidos de tristezas que não se curam com o tempo?"

" Não era fácil seguir em frente quando nem eu mesma sabia como seguir em frente, simplesmente o passado fazia mais parte do presente do que o próprio presente. o futuro parecia nunca chegar. Era como se dias, meses, anos se passassem e eu, continuasse vivendo o mesmo dia."

"O desapego não é indiferença , covardia ou desinteresse. o desapego é se libertar de tudo aquilo que faz mal e causa sofrimento. Desapegar é sinônimo de se libertar. Soltar as algemas. Colocar asas. Se permitir voar novamente. O desapego é a aceitação, e o desprendimento."

" Nos torturamos com memorias que já foram, repetimos cenas, apertamos replay, e não pensamos na consequência que isso pode nos trazer."

" O passado que tanto parecia fazer sentido passa a não fazer sentido algum. As memorias se distorcem, as poucos desaparecem e você já não sabe mais o que é real e o que é fruto da sua imaginação desvairada."

" Não adianta tentar manter algo em sua vida que já não faz parte dela. É, eu sei, é difícil aceitar o fato de que não podemos controlar o destino nem todo mundo ao nosso redor."

" Se não existissem quedas, ão existiram triunfos."

" Nada é para sempre, por mais que queiramos que seja. Veja bem, nem as princesas são para sempre."

" Já me apaixonei e quis que fosse "para sempre" tantas vezes, que eu duvido mesmo que isso exista. aliás, ate existe. Por um tempo."

" Pra sempre é tudo aquilo que você vive por um período, pode ser por apenas alguns segundos, mas que se eterniza na sua mente. Você pode ser "pra sempre" com alguém-mesmo que de modo passageiro."

" Uns erram porque não conseguem sentir, outros porque sentem demais,"

"O amor vem para os distraídos. Chega sem avisar."

" A partir de agora, vou viver um dia após o outro. Vou viver como se todos os dias fossem o meu ultimo dia. Vou viver a minha vida do jeito que quero. Que mal tem?"

"Olho para o céu e sorrio. Eu sei que em algum lugar deste universo todo tem alguém que sorri de volta pra mim."

"Final feliz e não ter fim."

" Felicidade é se sentir bem sendo a pessoa que você é, a pessoa que não precisa fingir, a pessoa que mora dentro de você. E acordar com a certeza que você tem tudo sob controle."

" E você nunca vai ser feliz se não se permitir."

" O passado só existe em fotografias, as pessoas mudam, o coração cicatriza."

" Se tem uma coisa que a vida me ensinou é que quando caímos de cara no chão a atitude a se tomar logo em seguida e rir de si mesmo. E logo depois , acreditar que o amanha vai ser um pouco melhor..."

" Odiar as pessoas não leva a nada. O ódio corrói nosso coração e o deixa fraco para receber amor"

" Fingir que sou insensível e que não me importo não funciona. Eu me importo sim. E eu choro muito também. E que se dane o que as pessoas pensam disso."

" Não adianta tentar segurar as pessoas na nossa vida. Se elas precisam ir, deixe que se vão. O que for de verdade, volta. Se você vai querer de volta, bem, isso a gente não tem como saber, né?"

"Mudar as pessoas não é algo que esteja a seu alcance. As pessoas só mudam quando querem mudar. E, geralmente, elas não querem."

"Fugir das coisas, não nos livra delas. Só agenda o sofrimento mais para frente."

"As pessoas são falsas, e sempre que tiverem uma oportunidade vão te apunhalar pelas costas. Pelo menos grande parte delas. É que ser verdadeiro é muito difícil."

"Amigo de verdade é raro e 90% daqueles que você considera "amigos" são apenas morcegos sugadores de felicidade."

"Os homens não são todos iguais. Alguns apenas ainda não amadurecem, assim como as mulheres."

"O amor não é brega. Brega são os que não dão uma chance ao amor."

"Desistir do outro não é fracassar. É ter a consciência de que algumas pessoas simplesmente não valem o seu esforço."

" A saudade é a urgência de amar"

"A maioria não está sempre certa. Ás vezes a perfeição jaz na exceção."

"Sorrisos são sempre bem vindos. Mesmo que dados por um desconhecido na rua."

"O mundo gira. Nenhuma tristeza é tão eterna que não deixe um espacinho para a felicidade."

"Cair de cara no chão é normal. O difícil é saber se reerguer com um sorriso no rosto."

" Quem é inteiro não precisa procurar pela sua metade."

"Deixar o passado no passado é realmente muito difícil. Mas precisamos disso para seguir em frente."

" Eu não preciso ser "unica" de ninguém, Preciso ser unica de mim."

"É preciso acreditar nas pessoas, mesmo quando nem elas mesmas acreditam."

"Ter a urgência de ser feliz te impede de ser realmente feliz. Deixe que a vida aconteça porque ela acontece quando estamos distraídos demais para planejá-la..."


Quase que o livro todo né?rs
Quem quiser saber sobre  o livro (clica aqui!)
sábado, 23 de abril de 2016

16° Livro: Não se apega, não.


Titulo: Não se apega, não.
Ano: 2013
Editora: Intrínseca
Páginas: 256
Classificação: Romance

Sinopse do livro: Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos.
Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar um namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.
Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, das tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.
Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.


Minha opinião: Conheci o livro através, de uma amiga, umas das amigas dela estavam comentando bastante sobre o livro, e pelo que ela ouvia falar parecia ótimo! Falei com ela que daria uma olhada, Algum tempo depois acabei encontrando o livro quando fui na livraria. Comprei e li quase que em dois dias.Encantador e apaixonante. Gostei tanto que voltei a livraria para comprar um de presente para essa amiga!
O livro conta a história de Isabela, uma menina de 22 anos, que acaba de termina um namoro de 2 anos com o Gustavo, um relacionamento que aos olhos de outras pessoas, parecia ser o casal perfeito, e agora começa a se readaptar a vida de solteira. Desconfiei que pelo titulo do livro, Isabela daria lições de como enfrentar um relacionamento e ser forte, ou como não estar em um relacionamento e ser mais forte ainda. Mas ao decorrer da história, conhecemos a Isabela que algumas vezes demonstra insegurança, ingenuidade e que adora atenção. Essa é a graça da história, Isabela não é nada que inicialmente imaginamos, com ser desapegada, mas é o que ela quer ser no decorrer da história, afinal ser apegada para ela não estava fazendo bem. Isabela ensina no livro a desapegar, não apenas de relacionamentos, mas de tudo aquilo que não faz bem, objetos, sentimentos, lembranças, lugares.


Não se apega, não, não chega a ser um livro de auto-ajuda, mesmo sendo, não chega ser um romance, nem uma comedia, mas se passa em uma vida real, com todos esses enquadramentos, afinal todas as mulheres já passaram por algo que a Isabela passou. Fora toda a qualidade textual que o livro apresenta, existe algo que eu particularmente gostei também bastante no livro, foram as frases de efeito que a Isabela usa, que postarei no post de frases do livro.
No inicio do livro ela coloca 20 dicas de como não se apegar, e ao inicio de cada capitulo. O livro ficou top!


Gostaram? O livro " Não se apega, não" foi uma surpresa, não esperava que ele fosse tão bom! Então ele ficará guardado junto aos meus livros com a tag #incriveis!
E vocês o que acharam do livro?
Beijos 

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Mudamos a URL!!!!

Boooom diaaaaa!
Como estava previsto, ontem mudamos a nossa URL!
A partir de agora não seremos mais o "Livros da Tutty", e sim "O mundo da Tutty"


Então quando for entrar aqui no blog para acessar será: www.omundodatutty.blogspot.com !
Breve compraremos domínio e hospedagem com esse dai!
Beijos thurma!

Porém nada mudou ok! Apenas o nome porque ainda estava insatisfeita com ele! Mais agora estamos mega felizes!
terça-feira, 19 de abril de 2016

Tatuagens da Demi Lovato

Falando da Demi essa semana, lembrei que ela tem várias tatuagens, e desde pequena que sempre fui fanática por tatuagens. Porém minha primeira tattoo foi feita apenas em 2011 e a segunda em 2015. Não acho a ideia de sair desenhando qualquer coisa no corpo, então esperei que algo tivesse muito significado pra mim, a ponto de me tatuar. Então resolvi fazer esse post falando o significado de cada tatuagem que a Demi fez!
Demi fez sua primeira tatuagem aos 16 anos, e diz já ter perdido a conta de quantas tem.

1- You make me Beautiful- na costela.


Provêm de uma música gospel de Bethany Dillon, chamada “Beautiful”, que Demi afirma ter mudado completamente sua vida. Ela diz que ouviu a música pela primeira vez aos trezes anos e que ela mudou sua compreensão da vida e de Deus.

2- Mapa da África - Braço


Na última vez que fui tatuada, fiz duas ao mesmo tempo – e é meio que a maneira que eu mais gosto. Tatuei a África! Fui para a África no meu aniversário de 21 anos. Fui para o Quênia e isso significou uma jornada muito inspiradora, que teve um impacto enorme na minha vida. Eu ia tatuar o Quênia, mas as pessoas iam ficar questionando “O que é aquilo?”. Fiz a África porque é mais distinta”.

3- Algarismos romanos no pulso


”Eu tenho o número 3 em algarismos romanos no meu pulso. Esse número foi muito significante para meu pai biológico porque ele amava Dale Earnhardt. Quando ele morreu, tatuei o número 3 para me lembrar dele e porque também amo Dale Earnhardt. (Risos). É a tatuagem mais caipira que eu tenho, aproveitando o momento!”.

4- Stay Strong nos pulsos


”Eu acho que a tatuagem com maior significado para mim é “Stay Strong”. Foi uma das minhas primeiras tatuagens assim que saí da reabilitação, a primeira coisa que fiz foi tatuar “Stay Strong” porque inúmeros fãs estavam me falando essa frase e isso me ajudou a passar por um período complicado. Qualquer hora que eu me sentisse favorável a mutilação ou outra atitude maléfica a minha saúde, era só eu olhar para a tatuagem e continuar forte”.

5- Rock'n Roll no dedo


Rock and Roll por ser uma grande fã desse estilo musical. Demi tem uma amiga com a mesma frase a Hanna Beth.

6-  Peace no dedo


Peace (Paz) Demi fez pra lembrar que apesar de sua vida estar um tempestade é bom ter sempre um pouco de paz.

7- Pena azul atrás da orelha


A cantora afirma ter feito apenas por diversão e que não tem nenhum significado especifico.

8 e 9- Faith e os pássaros no braço.


Ela afirmou que a tatuagem foi feita em conjunto com sua amiga Lauren Martin, que ela conheceu na clínica onde se tratou em 2011. Ela complementou a tatuagem em 2012 com vários pássaros próximos e ao redor da palavra, dizendo que os pássaros representam liberdade e fé.

10- Boca 


Em julho de 2011 fez uma tatuagem da amizade com Hanna Beth Merjos, Ivey Ensley e Lauren Pietra. Cada uma delas tem uma boca tatuada em partes diferentes do corpo. Demi contou que a tatuagem foi feita para lembrar que ele nunca estará sozinha e que não é pra levar as coisas tão a sério. Estamos todos aqui pela diversão.

11- Flor


A flor feita foi para cobrir a antiga tatuagem de boca, que segundo ela, parecia mais uma vagina. Essa nova tatuagem fez muito burburinho, inclusive com a tatuadora que fez a boca, deixando comentários sórdidos para Demi em seu instagram.

12- Cruz


Em junho de 2011 Demi fez uma cruz na mão. Em uma entrevista contou que essa tatuagem tem um significado religioso e decidiu fazer nesse lugar para que os fãs saibam que ela acredita em Jesus sempre que assistirem ela cantar usando o microfone.

13 e 14 - Let Go e Let God

A quem sempre recorre nos momentos difíceis

15- Datas em algarismos romanos.


Demi tatuou novamente em algarismos romanos as datas de nascimento dos seus pais e das suas irmãs , sendo elas: 08/08/1962, 04/02/1988, 28/12/2001, 14/02/1963 e 23/10/1960, pertencentes a Dianna De La Garza, Dallas Lovato, Madison e Eddie De La Garza (padastro) e Patrick Lovato (pai biológico), respectivamente.

16- Now I'm a warrior.


.Sua ultima tattoo foi uma frase nas costa escrita “Now I’m a warrior”, que em português significa “Agora eu sou uma guerreira” essa frase faz parte da letra da musica “warrior” da Demi .

Muita tatuagem não? rs.
segunda-feira, 18 de abril de 2016

3° Nail art

Chegamos aos 15 livros lidos e resenhados então nada mais justo que as nail art lindas e fofas da galera!
Dos cinco livros que resenhamos: Um homem de sorteUm lugar na janelaQueria ver você felizExtraordinárioO diário de Demi Lovato, achei apenas nail art de duas, vamos conferir?









Eu adorei a do livro Exraordinário, e essa última de pena e pássaros... e vocês? Alguma diferente? Deixe o link no comentário! beijos

domingo, 17 de abril de 2016

Aspa lança primeiro esmalte em Spray Brasileiro

Já faz tempo que eu não uso essa tag né?
Mais hoje vim com uma notícia mega legal e que me deixou babando!

Ano passado uma marca britânica Nails Inc. havia lançado essa novidade, mas até então não tinha chegado aqui no Brasil.
Até a Aspa líder em categoria de Spray, ficou com dó dos brasileiros, rs. 
A coleção conta com nove lindas cores em duas linhas, a "mais cor meu amor" e a "aspastardust" "aspainspiration", "aspamediterraneo", "aspaluau", "aspamotion", cada um custa em torno de 25 reais cada.


A aplicação parece ser super fácil! O mais importante é que você ao aplicar a base incolor na unha antes de aplicar o spray, evite borrar, quanto mais você borrar nessa base embaixo, mais borrado irá ficar após a aplicação do spray! Então esse é o maior cuidado. Após a base seca, aplique o Spray esmalte a uma distância de 10-15 cm, após esse spray seco, reaplique a base novamente. Espere secar a lave as mãos com sabão, e todo borrado da pele irá sair. A secagem é rápida e não escorre.
A marca Aspa afirma que o spray esmalte tem durabilidade de cinco dias e você consegue realizar vinte aplicações.


Isso deixa muitas manicures com medo de perder seus empregos, já que a praticidade que o spray traz, pode fazer com que a mulherada deixe de ir fazer as unhas, ou que diminua a ida as esmalterias. Lembrando que na Austrália as mulheres já não fazem as cutículas, elas usam um creme que reduz as cutículas, sem ter que estar fazendo o uso de alicate como nos brasileiros. Já pensou como ficou fácil agora?

Já não faço unhas em sãlão a alguns anos, aprendi a fazer em casa, porém demoro muito fazendo, essa prática do spray vai facilitar muito minha vida! E vocês o que acharam?
sábado, 16 de abril de 2016

Primeira Parceria do blog: Editora Draco


Gente, nem conseguir esperar a semana começar! Estou muito feliz!
Semana passada recebi um e-mail da Editora Draco falando sobre parcerias, e cá estou eu hoje, feliz por ter essa editora como nossa parceira! 
Vamos conhecer um pouco da sua história?

Seu nome: Draco. Do latim, dragão.

“A palavra dragão (em inglês, dragon) vem do grego drákon, δράκων, que deriva do verbo derkomai, “olhar”, pois seu papel no mito grego é o de vigiar tesouros cobiçados. O nome tem sido dado a criaturas mitológicas muito diversas, de diferentes culturas.”

Objetivo da editora:

Algo diferente. Invés de apenas vigiar esses tesouros cobiçados, queremos também apresentá-los a todos que os buscam. Esses tesouros estão por toda parte: internet — em suas muitas facetas como blogs, sites de compartilhamento e redes sociais; computadores pessoais — escondidos por autores que são verdadeiros dragões, no sentido original da palavra; impressos — compartilhados entre amigos e familiares — e, claro, também nas estantes das livrarias por todo o país. Esses tesouros, ou podemos dizer, tesouro: a literatura fantástica brasileira.
A Editora Draco quer fazer conhecido esse imaginário brasileiro, tão nosso e único, mesmo influenciado por obras estrangeiras que chegam através de livros e outros meios.
Queremos publicar autores brasileiros, aliando design, ilustrações e tudo o que for possível para melhorar nossos produtos. Que nossos leitores sejam atraídos pela beleza, mas nunca deixem de se maravilhar com as histórias e personagens que nossos livros trazem.
Que os autores brasileiros possam compartilhar seus tesouros e nós, amantes de livros e literatura fantástica, possamos ajudá-los a chegar aos leitores, abrindo portões e vencendo armadilhas, criando imagens e histórias que possam ser contadas por muitos anos.

Escolhi os meu Top 5 dos livros da editora:


Um amor não? Acho que já posso falar que a editora liberou o primeiro livro para leitura: Super desapegada! <3 Então logo, logo vai rolar resenha com esse livro! Aguardem!

Ah quem quiser seguir a editora nas redes sociais : FacebookTwitter e Insta.

Livros que já resenhei da editora:
Super Desapegada!
Boy's Love - Flor de Ameixeira

Beijos

sexta-feira, 15 de abril de 2016

Alguém já assistiu todas as cenas de Demi Lovato?


Além dos livros que a Demi publicou, ela tem uma lista de filmes e seriados que fizeram o maior sucesso! E que seus fãs aprovaram! E porque eu estou falando isso hoje? Falei essa semana da Demi Lovato e não podia deixar isso passar despercebido, mas também está chegando o fim de semana, e eu amo assistir um filme debaixo da coberta com uma pipoca, e nada melhor do que conhecer nossa autora em cena.
Vamos lá? A Demi começou contracenando muito cedo a aparecer nas telinhas, desde os nove anos:

Barney & Friends (2000):


Prison Break (2007):



Just Jordan (2007):



Quando toca o sino (2007):



Camp Rock (2008):



Programa de proteção para princesas (2009):



Jonas Brothers 3D: O show (2009):


Sunny Entre Estrelas (2009):


Camp Rock 2 (2010):



Grey's Anatomy (2010):



America’s Next Top Model (2010):


MTV Demi Lovato: Stay Strong (2012):


MTV Punk’d (2012):



The X Factor (2012):


Glee (2013):


Zoolander (2016):


O que vamos assistir ao fim de semana?

Atualizações do Instagram

SnapWidget · Free Widget