segunda-feira, 30 de maio de 2016

Presentinho do mês: Óculos Cat e Fake Septum Ring da The vintage closet

Bom dia meus amores!
Hoje venho com um post lindo!
Venho para mostrar a vocês o óculos lindão e o Fake Septum Ring que ganhei da The vintage Closet.




O The Vintage Closet surgiu da paixão pelo garimpo por peças únicas e maravilhosas! Sua missão é levar felicidade para os clientes através de um achado exclusivo!
Fiquei extremamente feliz pelo óculos, porque de um tempo pra cá tenho dado meio um surto para o lado de coleção de óculos, e desde então com esse novíssimo e lindo óculos, tenho 4 :)
Em um outro post mostro todos eles, e faço um look com eles, ok!
A loja tem produtos bem legais, então resolvi separar os  3 que eu mais gostei pra mostrar a vocês:






Que naturalmente foram óculos! hahahahha - Galera o negócio tá sério! Queria ter todos os modelos deles e a loja tem uma variedade imensa.

Essa semana farei um post com do look do dia em que eu usei o óculos.
Mas em fim,  o mais legal da loja é que os preços são bem em conta.
Esperam que tenham gostado e obrigado a loja! Amei!

Beijos.

domingo, 29 de maio de 2016

Frases do livro: Diário de uma paixão



" O tempo, infelizmente, em nada facilita a tarefa de manter o curso. O caminho continua reto como sempre, mas agora está atravancado com as pedras e os cascalhos que vão se acumulando ao longo de uma vida."

" Você trabalha dia e noite, feito um escravo, tanto que nem tem tempo para parar e respirar. As pessoas fazem isso por três motivos: Ou são loucas, ou são estupidas, ou estão tentando esquecer. E no seu caso eu sabia que era para tentar esquecer. Só não sabia o quê."

" O nosso futuro é definido por aquilo que somos, e não por aquilo que queremos."

" E então tomou a decisão de não perdê-la. Faria tudo que fosse preciso para ficar com ela. Ela era tudo que ele sempre precisara, e nunca encontraria nenhuma outra mulher parecida com ela."

" Acho que naquele verão eu te amei mais do que amei qualquer outra pessoa na minha vida."

" Eu sei que passei todas as vidas, antes desta procurando você. Não alguém como você, mas você, porque a sua alma e a minha têm que estar sempre juntas."

" Nós nos encontraremos de novo, e talvez até lá as estrelas tenham mudado, e então nós nos amaremos, não só naquele momento, mas por todas as vidas que tivemos antes."

" No drowning man can know which drop. Of water his last breath did stop."

" Nas horas de luto e sofrimento eu vou abraçar e embalar você e farei da sua tristeza a minha tristeza. Quando você chorar, eu vou chorar; quando você sofrer, eu vou sofrer. Juntos tentaremos estancar a maré de lágrimas e desespero; juntos vamos superar os obstáculos das esburacadas ruas da vida."

" Você é toda a razão, toda esperança e todos os sonhos que eu já tive na vida, e aconteça o que acontecer no futuro, cada dia que estamos juntos é o melhor dia da minha vida. Sempre serei seu. E você, minha querida, será sempre minha."

" O crepúsculo é apenas uma ilusão, porque o sol está ou acima ou abaixo do horizonte. E isso quer dizer que o dia e a noite estão ligados de uma tal maneira como poucas coisas estão- um não pode existir sem o outro, porém ambos não podem existir ao mesmo tempo. Qual seria a sensação , eu me lembro de ter especulado, de estar sempre juntos, porém eternamente separados?"

" E aprendi o que para uma criança e óbvio. Que a vida é simplesmente uma coleção de pequenas vidas, cada uma vivida um dia de cada vez."

" Eu nunca vou abandonar você. O que nós dois temos é para sempre."



"Com o tempo, uma pessoa pode se habituar a tudo."


quarta-feira, 25 de maio de 2016

20° Livro: Diário de uma paixão


Titulo: Diário de uma paixão
Autora: Nicholas Sparks
Ano: 2014
Páginas: 211
Classificação: Ficção Norte-Americana

Sinopse do livro: "Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns, e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou." Noah Calhoun
Assim tem início uma das mais emocionantes e intensas histórias de amor que você lerá na vida...
O livro é o retrato de uma relação rara e bela, que resistiu ao teste do tempo e das circunstâncias. Com um encanto que raramente é encontrado na literatura atual, O Diário de uma Paixão de Nicholas Sparks, o consagra como um contador de histórias clássicas, com uma perspectiva excepcional sobre a mais importante e única emoção que nos mantém.

Orelha do livro: "Os românticos chamariam isso de uma história de amor, os cínicos diriam que é uma tragédia. Na minha cabeça, as duas versões se completam, no fim das contas, qualquer que seja a versão escolhida para encarar este relato, nada altera o fato de que ele abrange uma grande parte da minha vida e do caminho que escolhi trilhar. Não tenho nenhuma queixa a fazer quanto ao meu percurso e aos lugares onde ele me levou; talvez sobre outras coisas eu tenha reclamações, suficientes para encher uma tenda de circo, mas o caminho que escolhi tem sido sempre o certo, e tampouco gostaria que tivesse sido de outro jeito."


Minha opinião: Depois de ler um livro de Nicholas, tive vontade de comprar todos os outros, romântica compulsiva e assumida, o autor me faz ficar extremamente nostálgica. Comprei esse livro e levei anos para ter coragem de ler, até minha tia me pedir para nunca ler este livro porque " era depressivo demais", fiquei com a pulga atrás da orelha, será que seria melhor do que todos os outros que li? Enrolei mais um pouco, até encontrar uma blogueira no insta falando dessa mesma depressão, então eu cá pensei: "preciso ler!" E fiquei depressiva logo depois! ESSE É O LIVRO MAIS LINDO QUE JÁ LI NA VIDA!  Sabe minha lista dos tops? Ele está muito acima disso! Ouvi comentários que o filme é ainda melhor!
A história inicia com um casal de idosos numa casa de repouso, ele está lá por opção, ela por estáar doente, todos os dias, ele senta para ler um diário para ela, uma história.
Para todo drama de Nicholas tudo que começa bem, é porque ali na frente algo muito ruim vai acontecer, então para não tirar o melodrama do autor, esse diário conta a história de Allie e Noah quando jovens, eles acabam se conhecendo quando Allie vai passar um verão em Nova Berna, cidade onde Noah mora. Os dois se apaixonam e tem um daqueles verões dos sonhos.
A familia de Allie é rica, totalmente o oposto de Noah, no romance isso não é problema, mas para a familia de Allie, isso é crucial. Então os dois acabam passando todo verão as escondidas. Mas como todo verão, uma hora acaba, no fim eles prometem que o amor não vai morrer e que eles vão trocar cartas.
Noah começa a escrever para sua amada, porém ela nunca respondeu a nenhuma das cartas nos primeiros dois anos. Noah acha que ela o esqueceu, e escreve a carta de despedida. Quatorze anos depois Allie fica noiva de Lon, um advogado perfeito e que agradava a mãe de Allie, porém ele trabalha demais e ela se sente muito só. Um belo dia Allie vê uma reportagem de Noah no jornal, devido a uma reforma que ele havia feito na casa, após voltar da guerra e três semanas antes de se casar, Allie decide encontrar Noah para saber se era aquilo mesmo que ela queria para seu futuro, afinal ela nunca tinha esquecido essa paixão.
Eles se reencontram, passam o dia conversando como se nunca houvessem se separado, se entregam por completo a paixão. Logo depois a mãe de Allie aparece dizendo que seu noivo está indo para a cidade a procura dela, desconfiado do que está acontecendo, e conta que estava com todas as cartas que Noah escreveu todo o tempo. E em curto prazo, agora ela vai ter que decidir o rumo da sua vida. O advogado ou Noah.
A melhor parte (spoiler), deixo para curiosidade de vocês em ler o livro. Foi um dos poucos livros de Nicholas que ele não criou muito enredo para a história, foi uma história sucinta e linda! Conta a história da superação do amor verdadeiro, dos obstáculos, distâncias, sofrimento, mas se for puro e verdadeiro, no final sempre dará certo ou no sentido do livro, ficaram juntos.
E uma história que me emocionou muito no final, quando Allie fica doente, porque eu conheço de perto o sofrimento passado na história com relação a doença. Uma história veridica contada por Nicholas Sparks!

As lindas frases do livro você encontra aqui: acesse!

Quer saber mais sobre Nicholas Sparks ou seus livros? (clique aqui)
E vocês já leram? O que acharam?
Beijos!






segunda-feira, 23 de maio de 2016

Presentes e ideias legais para o dia dos namorados!

Hoje trouxe ideias excelente de presentes para quem ainda não sabe o que dá para o namorado ou acabou de receber um pedido, presentes fáceis de encontrar e com preços mega acessíveis!
Dá uma olhada:




Ideias para arrumar o espaço no dia:













Gostaram?
Espero ter ajudado alguém!
Beijo

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Frases do livro: Feliz por nada


" O que ninguém nos ensina é que gentileza demais pode por incrível que pareça também ser um defeito dos grandes" 

"Se você tem mais de 9 anos de idade, já sabe o que é ironia e entendeu meu recado: seja gentil, mas não a ponto de perder o tino. Se tiver que ferir suscetibilidades para salvar sua pele, paciência. Atravesse a rua. Desça pela escada. Dê no pé. Sucesso é chegar em casa com vida." 

"Às vezes ficamos mais presas a um amor quando ele termina do que quando nos mantemos na relação." 

"Mas o amor, de fato, possui artimanhas complexas" 

" Amadurecer talvez seja descobrir que sofrer algumas perdas é inevitável, mas que não precisamos nos agarrar a dor para justificar a nossa existência." 

"Ninguém sabe o que está se passando pela cabeça da pessoa que está dormindo ao nosso lado" 

"Ser feliz não é muito difícil, basta não ficar obcecado com esse assunto e tratar de viver. Quem pensa demais não vive. "

"Melhor uma ausência honesta do que uma presença desaforada. " 

"Mas existe verdadeiramente outro rumo? Na verdade, só existe a direção que tomamos. O que poderia ter sido já não conta." 

"E prestar atenção no filho, controlar seu hábitos, perceber seus silêncios, demonstrar interesse pelo que ele faz, pelo que ele pensa, quem são seus amigos, quais suas aptidões, do que ele se ressente, o que está calando, porque está chorando, se sua rebeldia é uma maneira de pedir socorro, se está precisando conversar, se o que tem sentido é demasiado pesado pra ele, se precisa repartir suas dores, se está sendo bem acolhido pela escola, se não estão exigindo dele mais do que ele pode dar, se não foram transferidas responsabilidades para ele que são incompatíveis com sua idade, se há como entender e aceitar seus desejos, se ele está arriscando a própria vida e precisa de freio, se estamos deixando ele sonhar alto demais, se estamos induzindo que ele sonhe de menos, se ele está recebendo os estímulos certos ou desenvolvendo preconceitos generalizados. Dá uma trabalheira, mas isso é amar." 

"Assistindo em DVD ao delicado filme Caramelo, produção franco-libanesa do ano passado, tive a sensação boa de confirmar que o tempo passa, os filhos crescem, os corações se partem, mas as amigas ficam. Como todos os filmes que abordam a amizade e a solidão intrínseca de toda mulher, Caramelo nos consola valorizando o que temos de melhor: a nossa paixão, a nossa bravura ("sou mais macho que muito homem") e o bom humor permanente, mesmo diante de tristezas profundas." 

"Como disse sabiamente Martha Medeiros em uma de suas crônicas no ano passado: Ao perdemos o critério de quem realmente merece destaque, só o que nos destaca é a nossa pobreza cultural." 

"Ando cansada de tantos eus, inclusive o meu."

"A vida só se tornará mais leve e divertida se pararmos de nos auto-consumir com tanta ganância e darmos uma olhadinha para fora. A gente perde muito tempo pensando na nossa imagem, no nosso futuro, nos nossos problemas, nas nossas vitórias, no nosso umbigo. Até que um dia acordamos asfixiados, enjoados, sem ânimo e sem paciência para continuar sustentando a pose, correspondendo às expectativas, buscando metas irreais, vivendo de frente pro espelho e de costas pro mundo." 

"A vida não apenas continua, ela sempre recomeça" 

" O amor é a ponte que nos levará a outras realizações mais profundas, o amor é um condutor que a fará chegar a um estado de plenitude que envolva satisfação de outras necessidades, que não apenas as de caráter romântico." 

Beijos !
quarta-feira, 18 de maio de 2016

19° Livro: Feliz por nada


Titulo: Feliz por nada
Autora: Martha Medeiros
Ano: 2013
Editora: L&PM
Páginas: 211
Classificação: Crônica Brasileira

Sinopse do livro: Dentro de um abraço é sempre quente, é sempre seguro. Dentro de um abraço não se ouve o tic-tac dos relógios e, se faltar luz, tanto melhor. Tudo o que você pensa e sofre, dentro de um abraço se dissolve.” É com a força transformadora de um abraço que Martha Medeiros abre este novo livro de crônicas e é com a mesma singeleza e olhar arguto para o cotidiano que a escritora ilumina algumas das questões mais urgentes do século XXI. A destacada romancista, cronista e poeta, que já teve obras adaptadas para o cinema, para a tevê e para o teatro, fala aos leitores com a sinceridade de um amigo e materializa as angústias e os anseios da sociedade pós-tudo, que vive acuada sob o grande limitador do tempo. Nesta coletânea de mais de oitenta crônicas, Martha Medeiros aborda temas muito diversos e ao mesmo tempo muito próximos do leitor. A autora tem o dom para aproximar assuntos por vezes fugidios – como é próprio do cotidiano – de questões universais, como o amor, a família e a amizade, e criar lugares de reconhecimento para o leitor, como ao falar de Deus, dos romances antigos e novos, da mulher, de escritores e cineastas que são imortais, de se perder e se reencontrar, do que a vida oferece e muitas vezes se deixa passar. “Feliz por nada”, afirma Martha Medeiros, é fazer a opção por uma vida conscientemente vivida, mais leve, mas nem por isso menos visceral.

Sinopse do fundo: Geralmente, quando uma pessoa exclama Estou tão feliz!, é porque engatou um novo amor, conseguiu uma promoção, ganhou uma bolsa de estudos, perdeu os quilos que precisava ou algo do tipo. Há sempre um porquê. Eu costumo torcer para que essa felicidade dure um bom tempo, mas sei que as novidades envelhecem e que não é seguro se sentir feliz apenas por atingimento de metas. Muito melhor é ser feliz por nada.
Particularmente, gosto de quem tem compromisso com a alegria, que procura relativiza as chatices diárias e se concentrar no que importa para valer, e assim alivia o seu cotidiano e não atormenta o dos outros. Mas não estando alegre, é possível, ser feliz também. (...)
A vida não é um questionamento de Proust. Você não precisa ter que responder ao mundo quais são suas qualidades, sua cor preferida, seu prato favorito, que bicho seria. Que mania de se autoconhecer. Chega de se autoconhecer. Você é o que é, um imperfeito bem-intencionado e que muda de opinião  sem a menor culpa. Ser feliz por nada talvez seja isso."

Minha opinião: Não é de se surpreender que o livro seja muito bom, já que todos os livros de Martha Medeiros são surpreendentes. Sou suspeita de falar, mas existe dois autores que moram em meu coração, um foi Caio F. Abreu, a outra agora é nossa Martinha! Martha é fanática em escrever contos, crônicas e pequenos textos, mais que em poucas palavras ela consegue expressar o que seus leitores e fãs pensam e sentem. Assim acontece no livro, boa parte dos seus textos falam de amor, correspondido e errado, fala de auto-estima, fala da vida vivida e não vivida. Seus textos compactos, divertidos e cômicos, faz com que seja quase impossível parar de ler, é sempre um ciclo de apenas mais um texto, que o livro acaba num piscar de olhos. Martha consegue transformar as coisas mais simples do dia-a-dia como um abraço, em algo tão valioso, que paramos para pensar em como deixamos que algo tão simples fuja as nossas mãos, o tempo anda tão corrido que mal nos permitimos um abraço.
Transformar os pequenos detalhes, sentimentos e ações em grandes textos é o estopim da Martha Medeiros. Ela consegue enxergar o que naturalmente todos nós deixamos passar.
As frases do livro que gostei estão disponíveis aqui!

Para quem quiser ver também a resenha do livro "Um lugar na janela" (clique aqui!)
Quem quiser saber mais sobre Martha Medeiros (cliquei aqui!)
quinta-feira, 5 de maio de 2016

Frases do livro: Uma curva estrada



"Onde de fato começa uma história? Na vida, são raros os inícios bem marcados, aqueles instantes dos quais um dia podemos dizer: " foi ali que tudo começou". Mas ás vezes os destino cruza nosso caminho e inicia uma sequência de acontecimentos que levam a um desfecho imprevisível." 

"Agora estou sentado diante da escrivaninha, caneta na mão, refletindo sobre meu próprio encontro com o destino. Não é algo incomum para mim. Ultimamente, parece que é tudo em que consigo pensar."

"Uma coisa ela havia aprendido: a vida raramente segue nossos planos"

" Deve ser terrível ser esquecido assim tão fácil". 




“Se não der certo por algum outro motivo, tudo bem, eu aguento. Mas não tenho forças para enfrentar de novo o que já enfrentei uma vez.”
terça-feira, 3 de maio de 2016

18° Livro: Uma curva na estrada


Titulo: Uma curva na estrada
Ano: 2013
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Classificação: Ficção americana



Sinopse do livro: A vida do subxerife Miles Ryan parecia ter chegado ao fim no dia em que sua esposa morreu. Missy tinha sido seu primeiro amor, a namorada de escola que se tornara a companheira de todos os momentos, a mulher sensual que se mostrara uma mãe carinhosa. Uma noite Missy saiu para correr e não voltou. Tinha sido atropelada numa rua perto de casa. As investigações da polícia nada revelaram. Para Miles, esse fato é duplamente doloroso: além de enfrentar o sofrimento de perder a esposa, ele se culpa por não ter descoberto o motorista que a atropelou e fugiu sem prestar socorro. Dois anos depois, ele ainda anseia levar o criminoso à justiça. É quando conhece Sarah Andrews. Professora de seu filho, Jonah, ela se mudou de Baltimore para New Bern na expectativa de refazer sua vida após o divórcio. Sarah logo percebe a tristeza nos olhos do aluno e, em seguida, nos do pai dele. Sarah e Miles começam a se aproximar e, em pouco tempo, estão rindo juntos e apaixonados. Mas nenhum dos dois tem ideia de que um segredo os une e os obrigará a tomar uma decisão difícil, que pode mudar suas vidas para sempre.

Minha opinião: Seria extremamente difícil falar mal de algum livro do autor Nicholas Sparks, ele consegue transformar qualquer romance clichê em uma grande história de amor, não ia ser diferente com " Uma curva na estrada".
O mais engraçado de toda história que leio do Nicholas, e que você fica na vontade de ser o casal da história, de encontrar um cara igual, só para ter certeza que seu final também será um final feliz.
Na história tudo parecia ser perfeito, Miles estava casado com Missy, tinham um filho, eram apaixonados desde a época da escola. Porém, Missy sai de carro e acaba se envolvendo em um acidente, e dai por diante a vida de Miles se centrou apenas em descobrir o que aconteceu com ela, já que para ele, a conclusão de seus amigos sobre ser apenas um acidente não o tranquilizava. Miles tinha que descobrir o que aconteceu com seu amor.
Quando Miles não estava tentando descobrir quem matou sua mulher ou trabalhando, ele estava cuidando de seu filho, Jonah. Foi assim que ele conheceu Sarah Andrews, uma mulher que também tinha problemas com relacionamento e havia se mudado para New Bern para superar essa dor, aceitando o emprego de professora na escola de Jonah.
Miles acaba conhecendo Sarah, é como num piscar de olhos eles já estão se envolvendo, o mais divertido nesse momento, era ler o quando Miles estava enferrujado para poder convidar Sarah para sair. Quando a gente acha que nada mais pode acontecer e Miles simplesmente vai esquecer de procurar sobre o acidente de sua mulher, eis que Nicholas faz o de sempre, põe uma bomba nas ultimas dez páginas do livro (ahahahahaha).
Sarah sem querer descobre que o seu irmão foi o culpado pela morte de Missy, e tudo acontece muito rápido, Miles descobre, eles se afastam, tudo parece estar perdido. Até uma atitude tomada por Miles que muda tudo! Mas ai você ia ter que ler pra saber! :)
Apesar de ter amado a trama toda, sei que já li e vou ler livros melhores do Nicholas, por isso o quatro estrelas, acho que de todas as pessoas que eu esperei estar envolvida no acidente de Missy, o irmão de Sarah era minha última ideia, ou nem era. Me decepcionei apenas com isso.


O que vocês acharam da história?
Quem quiser conhecer mais um pouco a história, atraves das frases do livro (Clica aqui!)
Beijos
segunda-feira, 2 de maio de 2016

Dicas de livros para dar no dia das mães!

Tenho pensado muito no que dar a minha mãe no seu dia. E comecei a perceber que livros tem sido bons passatempos, nos aproxima na leitura e ainda faz com que ela tenha um tempo livre da rotina atribulada para deitar e ler.

Então resolvi fazer uma lista com os melhores livros para dar de presente para ela:



A Cidade do Sol – Khaled Hosseini – O mesmo autor de o Caçador de Pipas desta vez apresenta uma emocionante história sobre uma visão acerca da guerra e da violência perturbadora no Afeganistão e dentro desse cenário improvável, a beleza poética da esperança de duas personagens que ficarão marcadas para sempre na memória dos leitores.

A última carta de amor - Jojo Moyes- Um livro comovente e irremediavelmente romântico. Ao entrelaçar as histórias de amor e de adultério de duas mulheres — uma jornalista solteira e independente na Londres de hoje e uma dama da sociedade na década de 1960 —, a autora britânica Jojo Moyes reflete sobre as mudanças nos relacionamentos, no comportamento e no papel feminino na sociedade inglesa. Através da perspectiva de diferentes personagens, sua narrativa não linear combina essas duas histórias com dezenas de cartas, redigidas por anônimos e por escritores, e expõe desejos, angústias e frustrações atemporais.

Nove plantas do desejo e a flor de estufa - Margot Berwin - Lila Nova recupera-se de um divórcio doloroso quando percebe que sua vida é igual à sua casa: comum, nova e vazia. Mas quando conhece o belo vendedor de plantas, um mundo todo novo se revela. Ela resolve abandonar seu “mantra pessoal” — nada de animais de estimação, nada de gente, nada de problemas — e embarca numa viagem pelas florestas de Yucatán atrás de nove plantas místicas. Sozinha na selva, é obrigada a aprender mais do que possa ter sonhado sobre si mesma. Uma empolgante viagem sobre amor e autoconhecimento, que alia mistério, aventura, e excitação, em todos os sentidos possíveis.

O mundo de Sofia- Jostein Gaarden - Às vésperas de seu aniversário de quinze anos, Sofia Amundsen começa a receber bilhetes e cartões-postais bastante estranhos. Os bilhetes são anônimos e perguntam a Sofia quem é ela e de onde vem o mundo. Os postais são enviados do Líbano, por um major desconhecido, para uma certa Hilde Møller Knag, garota a quem Sofia também não conhece.
O mistério dos bilhetes e dos postais é o ponto de partida deste romance fascinante, que vem conquistando milhões de leitores em todos os países e já vendeu mais de 1 milhão de exemplares só no Brasil. 

Se eu ficar - Gayle Forman - A última coisa de que Mia se lembra é a música. Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais, mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera… e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas. Se ela ficar…

Cadê Você, Bernadette?- Maria Semple - Bernadette Fox é uma arquiteta notável e admirada, é casada e tem uma filha chamada Bee. No entanto, nos últimos tempos, ela tem andando estranha. Então, sem mais nem menos, ela some do mapa. A partir daí, sua filha, para tentar encontrá-la, começa uma pesquisa em cartas, e-mails e documentos para tentar descobrir alguma pista sobre o paradeiro da sua mãe. A premissa do livro é de que ele trata do amor incondicional de uma filha por sua mãe imperfeita. O carro chefe desse livro é o humor em meio ao cotidiano familiar, então as mamães que se aventurarem nessa história certamente darão boas risadas. Além disso, nada como uma história sobre mãe e filha para essa data não é mesmo?

O que acharam das dicas?

domingo, 1 de maio de 2016

Livros digitais ou físicos?


Sempre foi uma boa discussão entre eu e meu namorado com relação a gostar mais dos livros digitais ou físicos. Meu namorado que já não é fã de ler, gosta do que for prático, um tablet e mil livros dentro para ler, e isso sempre rendeu uma boa discussão entre a gente.
Semana passada recebi um E-book da nossa editora parceira - Editora Draco - e o assunto voltou para a mesa de jantar, resolvi então que esse seria um ótimo post para expor porque eu gosto tanto de livros físicos, mesmo lendo e achando bem prático os digitais.
Para começar, a única vantagem e que para muitos pode parecer que exatamente esta vantagem faz ganhar qualquer questionamento, é o fato que você pode ler o livro digital desde um pequeno smartphone, a um tablet maior, o que torna tudo mais prático para carregar, já que o peso é notoriamente mais leve do que se fossemos carregar um ou todos os livros que estaria em pdf no tablet. Nesse aparelho pode ser armazenado centenas de livros, assim como pode ler também em computadores,notebook ou netbook. Para quem gosta de ler a noite, os aparelhos ajudam muito, já que a própria iluminação ajuda a leitura. Não tenho nada contra, não vou dizer que amo ler livros digitais, mais sim, se precisar, se eu quiser, vou ler sim, porém tenho a impressão que minha vista cansa muito, e fora que meu smartphone já está na fase preguiça, a bateria acaba bem mais rápido. Ah quase esquecendo existe outra vantagem, existe muito livros na internet de graça e outros com um preço bem acessível, não vou negar que sim, essa é uma grande vantagem que eu gostaria de ter com os livros físicos.

Já a questão dos livros físicos, aiiii meus livros, poderia ficar o dia citando os motivos pelos quais amo tanto, primeiro que acho muito mais confortável ler um livro físico, depois o cheiro do livro novo ou do livro na estante, ou sua estante arrumada cheia de livro é uma sensação fora do comum. Cada livro que compro, leio e coloco na instante, é uma felicidade imensurável.
Sempre que um livro é muito bom, um livro que me fez refletir sobre alguma coisa, deixo em uma estante mais visível da cama, e quando vou dormir, fico olhando a capa do livro e refletindo sobre toda a história novamente, só o livro físico é capaz de te levar para esse mundo.
Algumas pessoas veem como desvantagem no livro físico, o fato de ocupar muito espaço, na minha concepção, cada espaço tomando do meu quarto por um livro, é uma felicidade enorme. 
A unica desvantagem que vejo nos livros, são alguns com preços bem salgados, eu já acho 30,00 reais em um livro (a depender do livro), bem salgado para quem gosta de comprar livros constantemente, então eu espero para comprar em promoções na internet ou em lojas aqui da cidade, apenas quando tenho certeza que o livro não vai baixar o preço ou entrar em promoção pelo primeiro ano do lançamento e que arrisco comprá-lo.
E eu amo dar livros de presente, como vou dar um E-book? Como vou a uma sessão de autógrafos, sem o livro para autografar? Ainda sou mil vezes meus livros, mais sim, e precisar vamos de digitais também! rs

O que vocês preferem?

Fotografia de Abril











Atualizações do Instagram

SnapWidget · Free Widget