quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Presente da semana: Chupeta Phillips Avent

Oi gurias, como estão?
Hoje vim mostrar a vocês mais um produtinho que chegou da Trybe (para quem ainda não estava confiando no produto)! Sim, chegou a chupeta Phillips Avente Freeflow animal de 6- 18 meses.


Como não tenho bebê, já sei quem vai ganhar esse lindo presente! E logo logo posto foto desse bebê bem lindo!



A chupeta Phillips veio na cor azul com um desenho de pinguim na frente , especifica para bebês de 6- 18 meses, ortodôntica com bico de silicone e isento de bisfenol A.


Os bicos achatados em formato de gota Philips AVENT respeitam o desenvolvimento natural do palato, dos dentes e das gengivas do bebê, mesmo se a chupeta ficar de cabeça para baixo na boca.
O silicone Philips AVENT é isento de sabor e odor. O silicone é macio, transparente, fácil de limpar e não fica pegajoso. O bico é resistente, duradouro, não perde a forma e não fica manchado ao longo do tempo.


Estarei enviando hoje essa chupeta maravilhosa para a mamãe, e ela me prometeu enviar foto do seu fofinho usando a chupeta! Expliquei todas as qualidades da Chupeta Avent, que apesar de nunca ter usado, cuidei das minhas duas afilhadas desde que nasceram, e sempre usamos produtos da Phillips e conheço a qualidade de cada produto.


Quem já deu ao seu bebê o prazer de utilizar essa chupeta o que acharam?
sábado, 26 de agosto de 2017

73°: Minha leitura digital: Reações químicas

Tava sumida né?! Pois é, tive que entregar meu artigo da pós-graduação! E por isso morri pra vida! Mas estou de volta e estou tirando meus atrasados. E dessa vez, terminei de ler a história da Reações químicas no Sweek.

Como parceira da Entre pontos acessória, eles haviam me indicado o livro Romance concreto, que fiz a resenha para vocês e amei.


Depois ele não achando bastante, me indicaram um livro que superou minhas expectativas! O livro da vez foi o Reações químicas.


Reações químicas conta a história de Juli, a garota não nerd, mas exemplar da turma, monitora de química, com liberdade para entrar e sair do laboratório. Ju conta as horas para se formar e tem uma melhor amiga .
Naquela história clichê de adolescentes, que nunca fica chato. Entra na escola um novo aluno: Vicente.
Vicente e aquele adolescente que todas as meninas se apaixonam, e que sempre tá encrencado. Mas dessa vez as encrencas desse garoto também envolvem a polícia, por isso Vicente não para em uma escola, sempre é expulso.
Acontece que por acaso, sem querer querendo, Vicente vive esbarrando na vida de Juli, ou é Juli que vive esbarrando na vida de Vicente? E sua amiga vive dizendo e mostrando a Juli porique Vicente não presta...mas amor nunca segue regra.
E acontece que parece que Vicente começa a gostar de Ju e Ju parece também estar envolvida com Vicente. Será que Ju vai aprender mais alguns assuntos que a química não ensinou em aula?


Achei o livro incrível, amo aqueles livros que tá tudo calminho e daqui a pouco você está roendo as unhas. Reações químicas é exatamente assim, você não consegue parar de ler. É apaixonante e entusiasmante. Amei ter conhecido a história.
Quem ainda não leu? Para se cadastrar a clara fez um vídeo bem prático:


Link direto para a história: aqui!
Qualquer dúvida é só gritar!
sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Extrator de cravo da Sammy Dress


Mais um recebido da Sammy Dress! Dessa vez foi o extrator de cravo, que eu estava esperando muito.
Todo mundo sempre reclamou comigo por ter um piti pra cravos e espinhas, e sempre espremi da pior forma possível, com os dedos! Dai resolvi tomar vergonha e em mais um pedido da Sammy Dress, solicitei um extrator de cravos.


Infelizmente dói mais do que se aparenta em Dr. Pimple Poppler, mas ela ás vezes usa "anestesia" para retirada dos cravos e espinhas, mas ainda assim é muito melhor que usar as unhas sujas. Esse vem com uma ponta para cravos e espinhas e a outra ponta para abrir estes ou ajudar a retirar.


Ele estava bem baratinho no site, se não me engano era de um a dois dólares, então valeu muito a pena. Deve-se lembrar de antes e depois de utiliza fazer assepsia do local e do aparelho para evitar contaminação.
Para usar faco como vi nos vídeos da Dr. Pimple, pressiono no local e vou inclinado para os lados para facilitar a saída dos cravos. Ás vezes sai fácil, outras não.
sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Pinceis de maquiagem: Tenha o básico para uma make bapho!


Eita! Me perdi! E tanto pincel, de tantas formas e jeitos, modelos e cores que eu não sei mais, onde usar o que e onde! E agora? Quem poderá me ajudar?! Rs
Por muito tempo foi assim que eu pensei. Do dia para noite surgiram infinidades de pincéis para cada partizinha do rosto que eu simplesmente enlouqueci. E hoje resolvi ajudar quem também está assim!
Vem comigo aprender a usar os principais pincéis, a guardá-los e como lavar!

Para o rosto:



01- Pincel achatado para base (língua de gato): Ele é utilizado para base líquida com cobertura alta, mas faz o serviço certinho também para corretivo. É um dos pinceis mais fáceis de achar, junto com o pincel para blush.

02- Língua de gato reto: É o mesmo pincel acima, a diferença é que ele é reto. Porém faz as mesmas coisas. Você pode escolher entre um dos dois, o que melhor se adaptar.

03- Duo fiber: Outro queridinho para base, se adapta muito bem com bases de cobertura leve.

04- Kabukis: Uma mistura da língua de gato com o Duo fiber, vira o melhor pincel de base do mundo. É isso mesmo! Eu acho que dentre todos os pinceis, esse é o melhor para aplicar base. Ele é bem firme com cerdas bem próximas, dando um acabamento incrível.

05- Beauty blender e esponjinhas: Outro método muito bom para aplicar base, onde você pode escolher entre deixar uma cobertura mais mediana ou mais pesada, depende de como você utiliza a esponja. Meu único negativo é que eles absorvem muito do produto, fazendo eles acabarem mais rápidos, e a lavagem deles é em complicada. Afinal eles sempre foram descartáveis, porém utilizamos eles varias vezes.

06- Mão: Outra preferida minha. Amo passar a base com a mão, ainda mais se ela não for muito líquida. Você consegue espalhar com mais facilidade, se ajusta melhor, a cobertura fica mais perfeitinha, e a mão você pode lavar depois.


01/02/03 - Língua de gato (pequeno, médio e grande): Os pinceis clássicos para corretivo. A diferença entre eles é o tamanho. O menor você pode usar para espinhas, o médio para olheiras e o maior para manchas ou olheiras. No caso dos corretivos, jamais esfregue o pincel na pele, sempre dê batidinhas, se não você acaba espalhando o corretivo por todo o rosto.

04- Kabuci de precisão: Melhor pincel para corretivo. Eles deixam uma boa cobertura, esfumaçam bem e não deixa artificial.

05 - Pincel de esfumaçar: Por mais que seja um pincel de sombra, algumas pessoas usam esse pincel para corretivo. E porque? A resposta é obvia, eles são macios, flexíveis e muito mais fáceis de passar em olheiras.

06/07- Esponjas  e dedos: As esponjas funcionam melhor com o produto líquido, assim como os dedos com produtos mais densos. Eu gosto muito de usar essas duas formas, para o corretivo, não me apeguei muito a pinceis.

Obs: Você não precisa ter todos esses pinceis. Nesse caso pode não ter nenhum e usar o dedo. Ou escolher apenas a esponja. Mas se preferir usar o pincel avalie o seu rosto. Você tem muitas manchas, espinhas e olheiras? De que tamanho? Qual pincel seria melhor para isso?


01- Pincel de pó: O pincel de pó mais fácil de encontrar, o segredo do pó é só um: de batinhas para ter maior cobertura ou vá fazendo movimentos circulares para esfumar melhor e ter uma cobertura mais fina.

02- Pincel com ponta fina: Adequado para aplicar pó em lugares mais difíceis ou fazer contorno no rosto.

03- Duo Fiber: De novo? Sim senhor! Ele serve também para pó! Mas não utilize o mesmo de base para pó! Tenha dois um para cada. Eu sinto que a aplicação com esse pincel deixa o rosto mais natural, por ele ser mais denso, o pó esfumaça com mais facilidade.

04/06 - Kabuki: Existe uma unica coisa que não gosto desse produto para pó: ás vezes, se não for aplicado direito, fica muito pó em um local e em outro não. Porém, mas que tudo e todavia, eles foram feitos para pó. Hoje existe algumas marcas que lançaram um pincel desse com reservatório no fundo do pincel, onde você aperta, ele sai o pó e você já espalha, São os dois em um.

05- Esponjas: De todas não é ruim. Se você for aplicar no rosto puro, sem base nem nada, ele é ótimo. Todo o problema é que por não ser de cerdas, que facilitam o movimento de vai e vem. As esponjas podem deixar um aspecto muito pesado.

1- Pincel de blush normal: O pincel para blush que é mais fácil de achar nas lojinhas. O segredo de passar o blush e dá uma batidinha e depois esfumaçar em movimentos circulares.

02- Pincel chanfrado: O meu pincel de escolha para blush e contorno. Deixam a marquinha com mais precisão. O segredo desse pincel, e nunca ir contra as cerdas! A parte mais fina para perto dos cabelos e a parte mais grosa em direção a boca.

03 e 04- Duo fiber: Ideal para quem usa blush em creme.

05/06- Kabuki : Apesar de serem para blush, seus lados largos trazem um perigo: você pode pintar a bochecha toda em vez de só uma parte. Prefira os pinceis mais finos. Ou antes de aplicar o produto retire bem o excesso. Você só precisa de um pincel para isso.


01- Pincel de contorno pequeno: Pincel especifico para quem ilumina a parte do alto da bochecha e nariz.

02- Pincel pontudo pequeno: Os pinceis iluminadores não tem muito segredo, a diferença é que os mais finos te darão mais precisão de que os mais largos. 

03 e 04: Duo Fiber: O pincel multi uso, não dão precisão mais conseguem aplicar pouco produto no local e esfumar de forma mais fácil.

5 e 6: Pincel de esfumaçar sombra: Já percebeu que existe alguns pinceis que se repetem e servem para mil coisas? Esse também é um deles. Eu só troco ele pela vassourinha.




Esses são os únicos pinceis que vale a pena você ter vários. Vai por mim, existe mil tipos de sombras e cores, você vai ter que separá-las.

1- Pincel largo: Pincel de fibra natural, nem tão flexível nem muito duro. Aplicam bastante cor e pode ajudar um pouco a esfumaçar. É o queridinho de um monte de gente, mas não é o meu.

02-  Pincel redondo: Pincel mais macio, aplica menos cor, mais deixa a cor mais forte, entendeu? rs. Ajuda também no esfumaçado. Ele é muito bom para fazer o côncavo. Um dos meus preferidos

03- Pincel curto: Não muito usado, tem como função aplicar sombra embaixo do olho ou esfumaçar delineador. Mas eu não curto muito ele.

04- pincel lápis: Muito bom também para côncavos e esfumaçados, porém seu ponto principal e aplicar iluminação nos cantos internos dos olhos.

05/06- Pincel de corretivo: Mas que é perfeito para aquela sombra mais grossa, como sombras em glitters, O aplicador ajuda muito a deixar a sombra nos olhos sem esfarelar glitter no rosto todo.


Todos esses pinceis são incríveis para um belo delineado. Porém vai uma dica: TESTE! Veja com qual se sai melhor. Já usei todos e me dei melhor com o 1, 3 e o 5. Mas se fosse escolher um, escolheria o cinco. Tem suas cerdas mais firmes dando precisão ao delineado, e consegue ser maior que o 3.

Esses são opções de pinceis de boca. Assim como todos os outros de delineado. Vale testar antes de comprar um. Você só vai conseguir se dar bem com um mesmo. Meus preferidos são o um e o dois. O um por ser bem durinho e ter muita precisão e o dois por sem bem fininho e dá mais cautela pra passar. O segundo costumo usar mais para batons vermelhos.

Ainda ficou com dúvidas sobre os pinceis? Deixe aqui nos comentários! Ficarei feliz em responder.

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Lançamentos de agosto:Companhia das Letras

A melhor parte e a pior do mês, e você ver suas editoras preferidas lançando novos livros e você não conseguiu comprar nem os do mês passado! Então nossa caixinha do skoob sempre anda cheia de livro adicionados! Me sinto plena com essa situação, você não?


E como não podeira faltar lá vamos nós para os lançamentos desse mês? São muito é eu resolvi escolher mais uma vez, aqueles que eu adoraria ter na minha estante!


1- O menino do pijama listrado (nova versão)

Já viram que capa mais linda ficou? Já fiz resenha desse livro e filme aqui no blog. Tenho o livro na minha estante com muito orgulho porque é excelente, mas vamos combinar que eu precisava dessa capa!  Esse livro conta a história de dois meninos que se tornaram amigos durante a eclosão da segunda guerra mundial, e estavam separados por um muro. E interessante ver a história pelos olhos do garoto.

2- Suicidas (Christiano Menezes)

Antes que o mundo pudesse sonhar com o terrível jogo da baleia azul, que leva jovens a tirar a própria vida, ou que a série de televisão Thirteen Reasons Whyfosse lançada e se tornasse o sucesso que é hoje, Raphael Montes, então com 22 anos, já tratava do tema do suicídio entre jovens com a ousadia que virou sua marca registrada. Em seu primeiro livro, que a Companhia das Letras agora relança acrescido de um novo capítulo, conhecemos a história de Alê e seus colegas, jovens da elite carioca encontrados mortos no porão do sítio de um deles em condições misteriosas que indicam que os nove amigos participaram de um perigoso e fatídico jogo de roleta russa. Aos que ficaram, resta tentar descobrir o que teria levado aqueles adolescentes, aparentemente felizes e privilegiados, a tirar a própria vida. Para isso, contamos com os escritos deixados por Alê, um narrador nada confiável.


3- O diário do Hospício e o cemitério dos vivos (Victor Burton)
Internado por duas vezes em instituições psiquiátricas por delírios alcoólicos, Lima Barreto documentou em Diário do hospício sua passagem pelo Hospício Nacional dos Alienados, no Rio de Janeiro, de maneira lúcida e contundente. No romance inacabado O cemitério dos vivos, o autor transpôs para a chave ficcional a mesma vivência. Os dois textos foram publicados em conjunto postumamente, em 1953 e em 2010, receberam nova e cuidadosa edição organizada por Augusto Massi e Murilo Marcondes de Moura e prefaciada por Alfredo Bosi. Relançada agora pela Companhia das Letras, esta edição conta com notas e imagens inéditas, que oferecem nova contextualização do ambiente manicomial, além de incluir ao final uma nova reportagem de Raymundo Magalhães datada de 1920. (Esse livro deve ser incrível).

4- Os segredos do guarda-roupa europeu (Anuschkas Rees)
Você gosta de todas as suas roupas? Está feliz com a sua maneira de se vestir? Já se pegou desejando ter o estilo dos outros? Ou sentiu que tinha um monte de roupas, mas nada para usar? Quando Anuschka Rees se mudou para Londres, enfrentou o desafio de viver com menos espaço. Mas ela não precisou sacrificar o seu estilo por isso. Aprendeu com suas conterrâneas os segredos que podem nos tornar tão estilosas quanto as habitantes das capitais mais famosas da moda, sem gastar demais. Em Os segredos do guarda-roupa europeu ela ensina como montar um guarda-roupa de qualidade que seja a sua cara.

5- As cores do amor
O que define uma pessoa? O dinheiro? O sobrenome? A cor da pele? Filho único de um barão da soja, Henrique Montolvani foi criado para assumir o lugar do pai e se tornar um dos homens mais poderosos da região. No entanto, o jovem se tornou um cafajeste aos olhos das mulheres, um cara egocêntrico segundo os amigos e um projeto que deu errado na concepção do pai. Quando o destino coloca Sílvia em seu caminho, uma jovem decidida e cheia de personalidade, Henrique reavaliará todas as suas escolhas. O amor que ele sente por Sílvia o fará enfrentar o pai e transformará sua vida de uma maneira que ele nunca pensou que fosse possível. Um sentimento capaz de provar que nada pode definir uma pessoa, a não ser o que ela traz no coração.

6- Inquebrável (Pablo e Fernando Fernandes)
Escrito com o jornalista Pablo Miyazawa, este livro é um relato emocionante que mostra como um jovem apaixonado por esportes não se deixou abater por uma tragédia, transformando-se num exemplo nacional. Incluindo trechos impactantes do diário que Fernando escreveu no hospital dias depois da batida de carro, Inquebrável é uma história de resiliência, fé e, sobretudo, confiança no próprio potencial.

Quais livros vocês também amariam ter na estante?
sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Argilas faciais: Como usar e seus benefícios.


Você sabe para que serve a argila? Conhece todos os benefícios que os 10 tipos de argila podem trazer? Sabe escolher qual o melhor para sua pele? Tem certeza de estar usando da forma certa? Ficou na dúvida? Vem com a gente para saber tudinho sobre essas belezas.
A argila é utilizada há muitos anos, mas com o surgimento da estética e as mulheres estarem cada vez mais preocupada com corpo, a argila veio com tudo e tem sido utilizada em muitos procedimentos.
A argila é um material terroso, de origem mineral, composta apenas por alumínio, sílica e água. Ela vem com inúmeras funções, desde promover uma boa esfoliação a reconstituir tecidos, isso vai depender da argila usada. 
A sílica presente na argila é muito utilizado em maquiagens oil free, e sua função principal é absorver a oleosidade.

Essa argila é especifica para pele sensíveis e desidratadas, porém pode ser usada em qualquer tipo de pele. É uma das poucas argilas que tem seu pH muito próximo ao da pele e maior nível de alumínio. Tem como beneficio clarear a pele, absorver a oleosidade, ser cicatrizante, ter ação tensora, hidratando e revitalizando.

Argila Beje
Uma mistura da argila marrom com branca, ajuda a revitalizar a pele, esfolia, desintoxica, combate cravo e espinhas e ameniza as manchas, hidratando a pele.

Argila Amarela
Amarela ou dourada, é uma argila rica em silício, tem como ação, tonificar a pele. Ela é indicada para peles maduras e cansadas. Ajuda na formação de colágeno, rejuvenesce, hidrata, diminui as rugas e o mais importante, ajuda também na flacidez cutânea.

Argila Vermelha
Indicada para peles mais rosadas e sensíveis. Absorve mais a oleosidade que as outras duas argilas citadas acima, renova a estrutura celular, auxilia na respiração das células pois ela contém óxido de ferro e cobre, regula a microcirculação cutânea, diminuindo também as linhas de expressão, ou seja, tem poder rejuvenescedor. Algumas pessoas utilizam essa argila como redutor de medidas.

Argila rosa
Nada mais que a argila branca e vermelha misturada. Tem ação desinfetante, tensora, revitalizante e cicatrizante. Retira a oleosidade, absorve toxinas, trazendo de volta a pele o brilho natural. Hidrata, melhora a circulação, elimina celulite, gordura localizada e flacidez tissular. Por ser uma argila bem levinha, é a única que pode-se usar diariamente, mas não é recomendado! Procure um profissional para orientação.


Argila verde
É  a argila que tem uma maior diversidade de elementos (zinco, cálcio, magnésio, ferro, potássio e fósforo) e possui pH neutro. Indicada para peles oleosas e com acne, tem como maior função ser adstringente, tonificante, estimulante da circulação periférica, secativa, bactericida, analgésica e cicatrizante. A argila verde realiza na pele um peeling natural, removendo o excesso de oleosidade e nutrindo os tecidos com os sais minerais. Combatendo cravos e espinhas e retirando as manchas. Indicado a usar apenas duas vezes na semana.

Argila Roxa
Semelhante a amarela, ela tem como função rejuvenescer a pele, esfoliar, tonificar e suavizar, dando firmeza. Essa é especifica apenas para o rosto. Seu maior nutriente é o magnésio, que atua na produção de colágeno.

Argila marrom
 A argila marrom é rara. Tem como função o tratamento de acne e o rejuvenescimento. Atua ativando a circulação, purificando, tonificando, eliminando as manchas, controlando a oleosidade e revitalizando a pele.

Argila Cinza
Diferente das outras, essa argila é indicada para peles muito oleosas e com manchas. É a única argila com presença de titânio e com 60% de sílica. A única com pH mais alcalino, combate espinhas e cravos, devido a sua ação esfoliante. Retarda o envelhecimento da pele e clareia as manchinhas desagradáveis presente na pele. No corpo ela também é usada como redutor de medidas.

Argila Preta
A mais nobre de todas, e também rara, pode ser encontrada como lama vulcânica, tem maior quantidade de enxofre, e sua função é desintoxicar a pele, clareia manchas, tem ação anti-estressante e anti-inflamatória e depois disso tudo ainda rejuvenesce.



Dica Bapho:
A Argila Terramater é um produto extraído 100% da natureza com cores exclusivas e puras sem adição de pigmentos que passa por um rigoroso controle técnico para seleção dos minerais, sendo este o único mineral que não sofre a radiação gama que gera lixo tóxico radioativo e pode alterar a formação dos nutrientes que possuem, ocasionando sérios prejuízos para a pele.
Terramater é a única argila do mundo que recebeu a certificação de produto 100% Natural e aceito em formulações Orgânicas pela ECOCERT FRANÇA.


Procedimento
- Antes de usar a argila, lave o local, a depender da argila, esfolie levemente o rosto em movimentos circulares.
- Aqueça o local (pode-se utilizar uma toalha quente, aquecida em água)
- Faça a misturinha: uma colher de sopa de argila, na água normal, termal ou soro fisiológico, até a misturinha ficar na consistência de uma pasta.
- Não utilize para a misturinha, nem vasos ou colher de metal, isso pode alterar a misturinha e não chegar ao resultado esperado.
- Para potencializar, pode-se nesse momento, utilizar óleo essencial na mistura.
- Utilize pincel para aplicar a argila na pele 
- Aplique e aguarde de 10 minutos a 20 minutos.
- Retire com água é sele com um hidratante ideal para a área. No caso do rosto, evite hidratantes com óleos, isso vai provocar muitas espinhas.
- Algumas argilas podem dar a sensação na pele de pinicamento ou ficar levemente vermelha, isso é normal, já que algumas delas ativam a circulação.
- Lembrar que a recomendação é que se use de uma a duas vezes na semana (no máximo) nos primeiros meses, e depois como manutenção realizar quinzenalmente ou mensal. 
- Procure sempre um profissional qualificado que possa realizar com precisão o seu tipo de pele e quais possíveis problemas devem ser tratados, para ter certeza de qual argila usar.

Vocês podem encontrar a argila para comprar aqui!

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Livro 72°: A febre do amanhecer


Titulo: A febre do amanhecer
Ano: 2017
Páginas: 216
Classificação: Literatura Estrangeira / Romance

Sinopse: Julho de 1945. Miklos é um jovem húngaro de 25 anos que sobreviveu ao campo de concentração e foi levado para a Suécia para recuperar a saúde. Mas logo os médicos o desenganam: ele tem os pulmões comprometidos e conta com poucos meses de vida. Miklos, porém, tem outros planos. Ele não sobreviveu à guerra para morrer num hospital. Após descobrir o nome de 117 jovens húngaras que também se encontram em recuperação na Suécia, ele escreve uma carta a cada. Uma delas, ele tem certeza, se tornará sua esposa. Em outra parte do país, Lili lê a carta de Miklos e decide responder. Pelos próximos meses, os dois se entregam a uma correspondência divertida, inusitada, cheia de esperança. Baseado na história real dos pais do autor, A febre do amanhecer é um romance vibrante e inspirador sobre a vontade de amar e o direito de viver.


Resenha: Literalmente é exatamente o que acontece na sinopse que está no livro. Quando recebi da editora esse livro, fiquei muito entusiasmada para ler, cheguei a falar isso nos stories, ainda mais porque era uma história real, sabia que seria tão boas quanto os outros livros relacionados que li. Mas..
A Febre do amanhecer é baseado na história real dos pais do autor, Péter Gárdos. Miklos foi um sobrevivente da Holocausto, mas não por muito tempo. O médico avisa a ele que seus pulmões estão afundando, e que ele tem pouco tempo de vida. Mesmo assim Miklos percebe que não passou por tudo aquilo pra morrer no final, sem antes fazer algumas coisas. Então mesmo com todos os avisos. Miklos reúne o nome de o nome de 117 jovens que também tinham sobrevivido a guerra e estavam se recuperando e envia cartas para elas, a mesma carta para todas elas. Algumas chegaram a responder, mas foi Lili a senhora que tomou a história de Miklos.
Miklos pouco se importou que Lili estivesse completamente apaixonada por ele e sofreria com a doença terminal que ele tinha, ou do trabalho que futuramente ela teria em cuidar dele. Apenas queria casar com Lili. Lili também não foi uma personagem chamativa, na verdade faltou todo o tempero para a história. A única parte interessante disso tudo foi eles terem se conhecido e se "apaixonado" por cartas, mas nem as cartas eram boas por fim. O foco do livro foi mesmo o romance que aconteceu num momento tão incerto, e só foi isso.
Eu amante das histórias da 2° guerra e romance, por achar que as pessoas que passaram por aquele momento e que sobreviveram independente do tempo, foram guerreiras e merecem destaque e que romances sempre são clichês e mesmo assim são excelentes, quando li a sinopse do livro acreditei que eu encontraria mais informações com relação ao holocausto, ou que o romance me causasse taquicardia.

Por fim, não foi uma história que roubou minha atenção, e olha que eu também amo romance, e esses dois assuntos juntos dariam uma grande história. Mais achei tudo muito maçante, sem graça, forcado, e por isso um livro que facilmente terminaria em uma semana, acabou durando três. Outro defeito que encontrei no livro, foi que achei que faltou mais detalhes sobre os personagens de que apenas dizer que eles estavam doentes, secos e acabados, isso a gente já imaginava. Não existe reviravoltas ou momentos curiosos, onde você simplesmente não consiga para de ler, do inicio ao fim do livro é tudo muito parado.



Quem já leu esse livro o que achou? Deixe aqui nos comentários.
quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Testei e reprovei: Escova Progressiva Salone :Tem Formol sim!


Bom dia Gurias!
Hoje vim com esse post bombástico! Testei e reprovei a escova progressiva da Salone!
Gente todo mundo sabe que eu estava em transição, mas não resisti e com tantos reviews bons desse produto, resolvi testar e me dei mal! Quem quiser ver todos os detalhes e o procedimento, vou deixar o vídeo ai embaixo, é só assistir que eu explico tudo!
O motivo pelo qual reprovei esse produto foi só um: Disseram não ter formol! E eu passei muito mal! Tive falta de ar, queimação na garganta e olhos, e terminei o vídeo branca de mal estar. Podem lá conferir! Alisou? Sim ele alisa! Mas o meu não ficou tão liso como mostrei no vídeo porque não tive a capacidade de continuar o procedimento inteiro certo, apenas queria terminar e me ver livre!
Por isso o post! Será mesmo que esse produto não tem formol?
Comprei o kit pelo site da Americanas, na loja Like cosmeticos. O kit vem com  dois frascos de 1000 ml (shampoo anti-resíduo e o redutor de volume).
O produto afirma que não tem formol, mas que para secar o cabelo é preciso usar o jato frio pra que a pessoa não sinta o cheiro característico de progressiva. Mas como assim?!
E muita gente divulga esse kit como selagem térmica, não é selagem! E progressiva!

Mesmo assim resolvi mostrar a vocês meu antes e depois, que ficou bom! Mas se for pra passar mal cada vez eu prefiro continuar com o cabelo enrolado.


Apesar de liso perceberam que o cabelo perdeu o brilho? Que ele ta opaco? Odiei mesmo!


Na foto mostra que eles não mudaram apenas a embalagem, mas também a formulação! Eis que pelas minhas pesquisas, as pessoas que reclamaram das mesmas coisas que eu tive, foram exatamente as que compraram as novas embalagens! A formulação antiga usada pela blogueira Franciny, quem eu sigo e confio, não é a mesma que eu usei!


Erro meu não ter lido os ingredientes? Foi mesmo! Deveria ter lido!
A empresa afirma não ter formol em seus produtos, mas utiliza o ácido glioxílico, substituto do formol!
Extraído do Etanol que é a " fermentação " da matéria orgânica antes que ela chegue á decomposição e se transforme em gás metano. Composto orgânico da classe dos aldeídos, assim como o formol!

Logo o ácido em altas temperaturas, como ter que passar a prancha no cabelo depois, ele se decompõe e forma o formol e gás carbônico!!!! PORQUE ELA NÃO COLOCOU ISSO NA FRENTE DO ROTULO JUNTO AO ACIDO TANIC?
Na tentativa de burlar cabeleireiros e profissionais da área, formuladores estão adicionando às fórmulas um produto chamado ácido glioxílico. Tal substância não é o formol e não confere odor ao creme. Até aí tudo bem. Porém, os formuladores sugerem que a aplicação deve ser seguida de aquecimento com chapinha ou escova para “melhor fixação” e com isso o ácido glioxílico se transforma em formaldeído e toda a ação dessa substância potencialmente perigosa é liberada. Portanto, o uso de alisantes contendo a substância ácido glioxílico é tão perigoso quanto o uso direto de formol. Retirado do site Ciência e tecnologias
Tem em sua formula também o Acido Lático que auxilia junto ao formol para que o cabelo fiquei mais esticado!
Na formula também contém a carbocisteína, que pode não parecer ser o vilão, mas a função dela é abrir os fios para o alisamento, ou seja, ela faz a quebra das cadeias de enxofre dos fios, com as pontes de enxofre separada, entra a ação do calor, a santa chapinha, moldando os fios para ficarem lisos. Depois essas pontes de enxofre precisam ser seladas novamente e quem faz esse trabalho final é exatamente o ácido glioxílico, presente na formula.


Assistam ao vídeo completo! É importante!
domingo, 6 de agosto de 2017

Dicas: Como escolher a melhor base para cada pele?


Todo mundo sabe que a primeira parte de uma boa make, e a essencial, é acertar na base. Depois de ter a pele preparada né? Sim senhora! Preparar a pele também modifica o resultado.
Mas é a base que vai começar  a fazer tudo acontecer, desde deixar um aspecto mais bonito para pele, removendo partes indesejadas como as manchas, a acertar na cor da base para sua pele. É esse é nosso assunto hoje.
Todo mundo sabe que não é nada fácil acertar em uma base, nem na cor certa, e cada vez vão surgindo mais bases, de tipos diferentes, fazendo com experimentemos coisas novas, atrás de cada vez uma base mais apropriada para nossa pele. 
Então vai algumas dicas para vocês:

1- Descubra o seu tipo de pele
Hoje existe milhares de tipos de peles e cores, como também existem empresas que investiram em bases com várias tonalidades para agradar a todos. Então o primeiro passo é saber o fundo da sua pele (rosada, amarela ou neutra), depois que tipo de pele você tem (seca, mista ou oleosa).

Fundo da pele
Alguns testes são fáceis para descobrir seu tipo de pele:


Teste da veia
- Rosado: se suas veias forem azuladas, é provável que seu tom seja frio.
- Amarelo: se suas veias forem esverdeadas, é provável que seu tom seja quente. 
- Neutro: Se sua cor for a mistura das duas.

Teste da joia:
- Tom rosado: combinam com jóias douradas. E tem dificuldade de se bronzear, normalmente ficam vermelhas.
- Tom amarelo: combinam com jóias pratas. E se bronzeiam facilmente. Normalmente o fundo amarelo se encaixa muito nas negras.


Tipo de pele

- Pele normal e mista: É o tipo de pele mais fácil de lidar. Se adapta a mais maquiagens e texturas. Então tudo vai depender de qual objetivo você tem para cada make. Um segredo para a pele mista é usar um prime na zona T antes da base. A zona T sempre tem a tendência de ser mais oleosa que outras partes do rosto.

- Pele oleosa: Para pele oleosas, precisamos de bases mais secas, como a cobertura matte, opaca e oil free, para anular um pouco do óleo já existente na pele e evitar que a base desmanche com mais óleo rapidamente. Fazer a base durar mais na pele, sempre foi nosso foco, então esse é o segredo.

- Pele madura: O grande segredo dessa pele é usar bases mais delicadas com coberturas mais leves. Por mais que pessoas com essa pele, gostem de cobrir bem as imperfeições, as bases mais pesadas, com alta cobertura, marcam por fim as linhas de expressões, deixando a maquiagem artificial e marcada.

- Pele negra: Escolha sempre um tom mais claro do tom que você acha ideal, e fuja dos tons amarelados. Isso pode deixar sua cor mais opaca.
Já descobriu qual é sua pele? Agora vai um segredo muito importante para quem vai comprar a make em loja física.

2- Testando a base:
Sempre testem suas bases no rosto, ás vezes na loja (e eu já fiz muito isso), na pressa ou por já ter make na cara, acabamos testando a make na mão, no pulso, porém a cor da pele da mão não é a mesma do rosto, assim como também o tipo de pele também não é, ela pode ser mais clara ou escura, mais seca ou oleosa, e você só vai ver o erro em casa. Outro ponto é a iluminação. Testar em lugares com pouca ou muita luz altera o teste, então cuidado, teste de várias formas, para evitar o erro.
Para quem quer comprar base na internet, existe muitos app e sites hoje que auxiliam para acertar a cor, e vou falar um pouco sobre isso abaixo, mas eu ainda recomendo antes fazer o teste na loja para ter uma certeza maior. Ou se é uma base que você usa, guarda a embalagem ou anota o número da base para não esquecer.
Saber esses dois passos já é meio caminho andado! Vai por mim, a pior parte já passou, o resto agora é bem facinho.

3- O tipo de base:
Você pode não saber, mas o tipo de base usada, influência na textura da base na pele, durabilidade e cobertura. O tipo de base usada depende muito do seu tipo de pele (lembra?), então antes mesmo de escolher a cor, devemos já saber qual tipo de base procurar. Hoje no mercado temos uma variedade de bases como:

- Base Líquida: Mais fácil de aplicar e com maior cobertura. Ideal para peles secas e maduras, com linhas de expressão, para que a base não acumule. Para aplicar pode-se usar pinceis com cerdas sintéticas ou a Beauty Blender.

- Base em Mousse
: A cobertura é inferior a líquida, mas o acabamento é bem natural com toque de brilho. Ideal para todo tipo de pele, a maioria é oil free. A melhor maneira de aplicar é com o pincel de cerdas sintéticas ou o dedo. Não é indicado para peles maduras que tenham muitas linhas de expressão, pois pode ficar marcado no local.

- Base em pó: Excelentes para peles oleosas, já que absorve a oleosidade. Ideal também para quem gosta de pele sem brilho, e baixa cobertura. Pode ser usada com pincel de cerdas naturais fofas e esponjinhas de algodão.

- Base cremosa: Ideal para quem ama altas coberturas, e não é indicada para peles oleosas. Pode ser usada com pinceis de cerdas sintéticas, beauty blender ou silisponge.

- Pancake:
Alta cobertura, ideal para peles oleosas e mistas. Pode ser usada com a esponja normal ou a beauty blender.

- Stick: Conhecida como base em bastão, é bem prática, pode ter cobertura de média a alta. Indicada para peles normais, mistas e secas, também usada como corretivo.


- Base Foundation: Base mais específica para peles mistas e oleosas. Pode ser utilizada uma esponja ou pincel.

- Base compacta:
Ideal para todos os tipos de pele, dando a sensação de rosto suave. Essa base precisa ser bem espalhada, pois ela acumula bem fácil.

A textura e duração da base também varia a depender do clima, a mesma base pode mudar a textura na pele se aplicada em lugar quente e lugar frio, tipo, na Bahia e em São Paulo.

4- A cor da base



 Existe muitos pequenos detalhes na hora de escolher um tom de base, é por isso devemos ter cuidado e paciência.
- Para escolher a base certa, devemos estar com a pele limpa e sem outras maquiagens, se não vai acabar dando erros futuros na cor.
- Algumas bases também oxidam depois de entrar em contato com a pele, então experimente e espere para ver como vai reagir a base na pele, alguns escurecem de um a dois tons.
- A melhor base é aquela que quase nem dá para ver na pele, ela é absorvida quase que total, bases com alto contraste a depender da situação, deixa muito artificial, e não fica nada gatinho.
- Já falei e vou repetir, experimente vários tons próximo da sua cor, até encontrar uma que realmente se adapte legal, mas sempre experimente no rosto, nunca jamais no pulso ou mão.
- Devemos lembrar que algumas pessoas não usam pó em base matte, então vale arriscar numa cor mais próxima da pele depois da oxidação. Já bases líquidas precisam ser seladas com pó na grande parte das vezes, então lembrem que se o pó não for translúcido, ele pode também alterar a cor da base depois, e sua pele ficar mais clara ou escura.
- Comprou a cor da sua base errada? Comprou mais escura? Misture com uma base mais clara ou hidratante. Comprou uma base mais clara? misture com base escura ou no fim use um pó mais claro. - A base matte não ficou com uma textura tão boa no rosto? Ficou muito seco ou com pontinhos? misture a base a um hidratante para ele ficar mais emoliente.
- Lembre-se Menos é mais. Quanto mais base no rosto, mais dificuldade você vai ter em deixar a pele uniforme. Mais base não quer dizer melhor cobertura. A make vai ficar mais carregada, craquelas mais rápido e tem uma grande chance de acabar sujando sua roupa.
- Para quem faz vídeos: prefira bases matificadas. O brilho das bases líquidas faz com que você pareca suada ou com oleosidade na pele. Com o calor das luzes, a base também craquela mais rápido .Invista em bases mates, ou em prime e pó.
- Para quem faz fotos: prefira acabamento natural, fica bem mais natural e bonito nas fotos, e as menores imperfeições podem ser retiradas com photoshop. Invista também em iluminador e corretivos para contornos.
- Procure bases que se diferenciem, como ter filtro solar ou vitaminas, é muito importante para pele.
-Assista a blogueiras que apenas fazem review de produtos de beleza, eu sempre assisto a Joyce Kitamura, ela faz metade do nosso trabalho, lá ela te conta as bases que craquelam, que desmancham, que não são a prova d'agua, se são boas ou não, e você ate descobre o preço lá também.
- Jamais use bases vencidas, isso prejudica na cor e textura e pode causar patologias em sua pele.
- Existe um site chamado FINDATION, lá você fala uma base que você usa, marca, tipo e cor, e eles te mostram outras marcas parecidas e a numeração delas que poderá te servir. É confiável? Não sei nunca fiz o teste, mas nunca é 100%. Prefira testar em lojas.
- Não vou indicar marcas de bases, hoje existe uma infinidades de marcas, e tudo mesmo vai dá sua pele. Você pode não se dar bem com bases mais caras, assim como pode não se dar bem com bases baratas. Existe muitos seguidores meus que dizem se dar super bem com bases e corretivos da china, e eu acho isso super legal, mas tem seguidores que preferem Mac em diante, então o segredo é provar! Hoje tenho usado o da Vult, é o que tenho me dado melhor, mais ainda sim testo outras como Ruby Rose e Luisance e algumas da china.

Tem mais alguma dúvida? Deixe nos comentários! Ficarei feliz em responder! Se quiserem mais dicas de makes é só falar!
sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Recebidos e comprados de Julho

Mais um vídeo de recebidos e comprados do mês de julho! Se você gostou dá aquele curtir, compartilha e segue a gente lá no canal!


Lojas:

Calcinha da Rikmarley
Floratta in blue  e Egeo Bomb- Boticário
Água de colônia da Fantasy
Blush da Ruby Rose
Toalhas de prato da Coca Cola
Batons da Maybelline - Americanas
Kit creme de bolsa - Jully Flores e cia
Esmaltes Colorama, Impala e risque - Americanas
Kit progressiva da Salone

Espero que vocês gostem! Não esquece de deixar um comentário se você já usou algum desses produtos!


terça-feira, 1 de agosto de 2017

Viagem: Lajedo Alto e Amargosa

Oi gente! Hoje tem um post especial sobre mais uma viagem! Porém essa foi bem rapidinho! Foi um feriado do dia do vovó que pegamos para visitar duas de nossas avós. Mas ai, por ser duas cidades tudo foi meio corrido, e na última ainda, minha avó estava muito doente, muito mais que esperávamos, e acabou que eu não tive muita cabeça para gravar, então acabei não filmando muito dos dois lugares, e fiz uma edição que dessem para vocês entenderem e ficarem com gostinho de quero mais.

Amargosa




















Lagedo Alto

















E pra finalizar aquele vídeo pra ficar na saudade:

Atualizações do Instagram

SnapWidget · Free Widget