sábado, 15 de dezembro de 2018

Livro 101: A diferença que fiz!


Titulo: A diferença que fiz
Autor: Gutti Mendonça
Páginas: 484
Ano: 2015
Classificação: Ficção Brasileira


Sinopse: Arthur Zanichelli é um garoto incapaz de perceber a sorte e os privilégios que tem. Filho do doutor Guilherme, um renomado e bem-sucedido médico, dono de um dos hospitais mais bem-conceituados da cidade, Zani, como gosta de ser chamado, prefere insistir no desgaste de sua relação com o pai.
Perto de seus 18 anos, Arthur ainda não consegue perdoar o pai pela morte da mãe quando ainda era apenas uma criança. Ao longo dos anos, a relação de ambos se torna cada vez mais insustentável. Arthur é o exemplo clássico de rebeldia adolescente, se envolvendo com más influências e com fascínio por tudo que é errado ou proibido. 
Tendo cruzado a linha do limite há muito tempo, Zani persiste no caminho do incorreto e do inconsequente, mas, quando ele começa a se distanciar demais desta linha, seu pai, com medo de que não houvesse mais volta e que esta rebeldia se consolidasse na personalidade de uma pessoa ruim, resolve ser radical.
Doutor Guilherme decide expulsá-lo de casa e o envia para um hospital em uma pequena cidade do interior aos cuidados de um colega de profissão. Arthur é obrigado a se passar por um dos pacientes do hospital, que atende e recebe apenas crianças e adolescentes carentes.
Sentindo o enorme contraste de realidade, Arthur começa a conhecer uma vida que não conseguia sequer imaginar que existia. Sem abandonar seu espírito de revolta e maldade, causando muitos conflitos, ele transforma o cotidiano dos internos.
Com personagens marcantes, A diferença que fiz mostra o quanto somos capazes de transformar o mundo – para o bem ou para o mal. Essa história emocionante faz com que tenhamos uma visão mais clara das pessoas que devemos dar valor e das mudanças que devemos buscar em nós mesmos.


" Por que a vontade de não querer desapontar alguém é muito mais forte do que a simples vontade de querer vencer. E eu não queria desapontar você."

Uma linda história de um garoto rebelde, um pai desacreditado e os dois sentindo falta da mulher que pareceu ser o que os unia. Guilherme se irrita com os ultimos erros de seu filho Zani, e o expulsa de casa e o envia para o Instituto do câncer infantil. Esperando que um milagre aconteça, Guilherme fica recebendo noticias. Guilherme fica sem contato com o mundo lá fora e tentando fugir as milhões de vezes que ele acha oportunidade.

" A graça da vida está em um dia você estar completamente entediada e, minutos depois, seus amigos aparecerem na sua casa, e sei lá... te levarem pra sair na chuva, você conversa, fala besteiras, ri até sua barriga doer e acaba tendo um dos melhores dias da sua vida. A graça da vida está em você ter uma baita briga com sua melhor amiga, chorar, se culpar, culpar ela, xingar em silêncio e depois fazer as pazes, deixando a amizade ainda mais forte. A graça da vida está em você enjoar  de comer a mesma comida da sua avó toda semana, mas poder voltar a comer a mesma comida seis meses depois.. É você xingar todos os dias suas aulas, mas querer voltar correndo para ouvir as aulas do seu professor. A vida é cheia de altos e baixo, os maus momentos servem para darmos valor aos bons, ou para nos fazer crescer, evoluir."

Maaasss... Ele conhece Yasmin, o que para ele seria apenas uma paciente. Yasmin parece mais uma adulta, que a idade que ela tem, mais ensina inúmeras coisas no percorrer dos dias a Zani.
E ao mesmo tempo enquanto ele aprende com Yasmin, você, leitor, aprende a lidar com sentimentos seus, dos pacientes da histórias, com todos os personagens, aprendi a olhar para os outros e pensar antes de dizer ou fazer algo que possa machucar as pessoas. A gente entende a dor do outro e que as pessoas tem respostas diferentes para situações diferentes. É uma história maravilhosa de muito aprendizado. Ao fim do livro a gente descobre o que esse tempo dentro do hospital fez ao garoto e o que ele vai fazer com aquilo tudo.
Gravei um vídeo que logo, logo será postado aqui.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Meus recebidinhos da China


Comprei dois kits de lentes olho de peixe, elas ficam sim olho de peixe mais achei que a qualidade da foto diminui muitoooo! Por isso não achei bom, mas tem gente que ama.


Outro produto que também não gostei foi o extrator de cravo. Não extrai galera, e mesmo assim,eu comprei, sabia disso. Mas curiosidade é froide. kkk


Amando já posso falar, essa nail art de gatinhos, e um pincel muito fofo, kabuki.


Quem ama meias? Levanta a mão !!! kkkk Eu amo meias e acho que as lojinhas da China tem uma variedade enorme de meias mega tumblr.



Todos esses produtinhos foram da Rosegal, Menos o pincel! Depois vou contar que site foi o pincel e que eu estou amando, que também é da China!
Já já tem vídeo
quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Livro 100: Playbook - O manual da conquista


Titulo: Playbook
Autor: Barney Stinson e Matt Kuhn
Editora: Intrínseca
Páginas: 176
Ano: 2018
Classificação: Humor, comédia

Sinopse: Desde o início dos tempos, o homem tem procurado respostas para o questionamento mais fundamental de todos: Por que estou aqui... em vez de estar com uma garota? A procura acabou. Agora, com a ajuda de Playbook: O manual da conquista , o leitor será capaz de abordar a garota que quiser, descobrir o que ela mais deseja e fazê-la se apaixonar por ele.
Com mais de setenta técnicas de sedução desenvolvidas pelo guru da conquista e exemplo de perfeição Barney Stinson , qualquer homem poderá se tornar um perfeito conquistador.
Repleto de dicas, macetes, truques e muita conversa fiada, o popular personagem da série de tevê How I Met Your Mother sugere dezenas de maneiras de abordar uma mulher e ser bem-sucedido. Com as dicas dele nenhum homem ficará sozinho.
Do mesmo autor e também baseado em How I Met Your Mother, O código Bro vendeu mais de 20 mil exemplares no Brasil em menos de um ano.


Opinião: Ai gente eu tenho certeza que um milhão de pessoas vai me matar. Mas preciso mesmo falar, eu fui uma pessoa extremamente apaixonada por How I met your mother, eu maratonei, chorei, ri, foi incrível, talvez uma das melhores series que já assisti. E quer saber isso foi maravilhoso.


 Dai quando eu vi que existia o playbook de Barney vendendo eu fui aguçada querendo comprar esse livro. SINCERIDADE TOTAL?! O livro é fiel a serie? É SIM! fielsissimo! Mas por toda a cena que Barney faz na serie eu jurei que o livro seria mais, sei lá, criativo talvez. Que fosse escrito a mão, que tivesse borrões, algo criativo, foi ele que escreveu, e literalmente foi um livro seco com as dicas.
Eu acabei tendo um certo desencanto para com a serie por causa desse livro.

Alguém também sentindo isso?

Atualizações do Instagram

SnapWidget · Free Widget